A notícia que me intrigou logo de manhã

By | August 13, 2012

A primeira coisa que fiz hoje de manhã foi ler esta notícia no site da UOL. Fiquei tão intrigado com o assunto (apesar de não ser nenhuma novidade) que decidi compartilhar a minha opinião em 3 pontos:

1. O brasileiro paga mais por quase tudo

No artigo Compras nos EUA: A febre entre brasileiros, falei que aqueles que já foram ao exterior sabem o quanto somos “roubados” aqui no Brasil.

Muitas coisas que são consideradas populares lá fora (ou seja, qualquer um pode comprar), chegam ao Brasil com preços abusivos e/ou status de luxo. Dentre alguns exemplos, posso citar: Mc Donald´s, Guess, Nike, Honda Civic etc.

Conforme descrito na reportagem, os gringos acham muito estranho o fato do Honda Civic ser considerado um carro da ‘alta sociedade brasileira’, pois no exterior, além de ser um dos mais baratos, geralmente é o primeiro carro de todo universitário.

Isso abre espaço para uma discussão mais abrangente que envolve a história do Brasil, má gestão pública, alta margem de lucro das empresas etc, mas prefiro não entrar nesses detalhes.

A triste realidade é que o brasileiro, além de ganhar menos, paga muito mais por quase tudo.

2. Temos a falsa sensação de que tudo que é caro é de melhor qualidade

Você já deve ter escutado o velho ditado: “Quando a esmola é demais, o santo desconfia”. Isso vale quando encontramos um produto muito barato e que promete fazer maravilhas.

O engraçado é que poucos aplicam isso quando o preço é alto, pois acreditam cegamente que ser caro significa, necessariamente, ter mais qualidade.

Eu já fui em restaurantes caros em que paguei R$60 e achei a comida pior do que vários lugares que me custaram apenas R$20. Isso mostra que nem tudo que é caro é bom e nem tudo que é barato é ruim.

3. A busca pelo status esvazia o seu bolso

Essa é uma questão um tanto difícil de lidar porque depende dos valores e do controle emocional de cada pessoa.

Há aqueles que preferem dirigir um carro antigo com R$1 milhão na conta bancária e estão felizes por ter essa tranquilidade financeira. Há outros que, apesar de terem um orçamento bastante apertado, fazem questão de ter um carro novo e, às vezes, incompatível com o seu nível de renda.

Infelizmente, muitos brasileiros se encaixam na segunda situação e, por isso, se tornam escravos do trabalho em troca de um status que traz mais prejuízos do que benefícios.

Não há nenhum problema em querer realizar desejos e ostentar alguns bens DESDE QUE isso não signifique abrir mão da sua liberdade financeira.

 

Foto: Reprodução / UOL

 

One thought on “A notícia que me intrigou logo de manhã

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *