A enorme brecha do mercado de afiliados no Brasil

By | July 22, 2014

Oportunidades no mercado de afiliadosAssim como você, eu também estou cadastrado em algumas listas de emails no nicho de internet marketing tanto no Brasil quanto no exterior.

No email pessoal, recebo mensagens somente das pessoas em quem confio e o restante vai parar em outros emails (fake) que servem com um “depósito” de cadastros.

Esta é uma ótima maneira de filtrar as mensagens e não perder o foco. Inclusive, recomendo que você faça o mesmo e, depois disso, compare a quantidade e a qualidade dos emails recebidos entre as 2 caixas de mensagens. A diferença chega a ser gritante!

Após um ano recebendo milhares de emails, sinceramente, não estou gostando muito do rumo que o internet marketing brasileiro está tomando porque me lembra bastante os tempos em que fui usuário assíduo do Warrior Forum:

– Emails todos os dias falando para comprar um curso “maravilhoso” com bônus imperdíveis que valem “milhares de reais”;

– Dicas superficiais que não esclarecem absolutamente nada;

– Falta de transparência nas informações (principalmente sobre os ganhos) etc.

Não me entenda mal, não estou dizendo que tudo no Brasil está ruim (exceto a economia), mas infelizmente ainda existe uma diferença grotesca entre o que é considerado de qualidade aqui e no exterior, conforme já disse neste post.

O mercado ainda precisa amadurecer muito e, para isso, precisamos de mais profissionais diferenciados, que realmente fazem acontecer em outros nichos e não ficam apenas no ciclo vicioso de vender cursos de ganhar dinheiro.

A boa notícia é que existem sim empreendedores digitais com estas características no Brasil (alguns chegam a ganhar até 10X mais do que muita gente que está ensinando por aí), mas a má notícia é que a maioria prefere manter o sigilo ou simplesmente não faz questão de criar um blog para falar sobre o assunto.

Já tive contato com alguns deles e entendo perfeitamente os motivos, mas ainda fico na torcida para que esse pessoal mais underground compartilhe as suas experiências algum dia.

 

O efeito manada

Depois de receber milhares de emails das listas que assinei, notei uma tendência curiosa: Quando o assunto é marketing de afiliados, TODO MUNDO fala somente sobre produtos digitais.

Repare na quantidade de cursos que surgiram nos últimos meses com a proposta de ensinar a vender produtos do Hotmart ou a criar o próprio produto digital, seja um ebook ou vídeo-aulas. Somente neste ano, foram lançadas algumas dezenas de cursos falando sobre as mesmas coisas.

A consequência disso é que todos os interessados que acompanham este mercado acabam começando exatamente da mesma maneira, que é promovendo os mesmos produtos do Hotmart.

Pode parecer exagero, mas se eu fizesse uma lavagem cerebral para esquecer tudo o que sei hoje e aprendesse apenas lendo os emails que recebi, muito provavelmente, acharia que o mercado de afiliados se resume à Hotmart.

É importante esclarecer que não estou dizendo que vender produtos digitais seja algo ruim, muito pelo contrário, é um negócio extremamente lucrativo (vide o gráfico que compartilhei na fan page do blog) e tem um enorme potencial de crescimento.

Porém, o que eu quero destacar é que o marketing de afiliados NÃO se resume à venda de produtos digitais. Muito longe disso!

Sim, as margens de lucro de produtos digitais são altas e a onda está apenas começando, mas existe um outro mercado MONSTRUOSO que já movimenta bilhões de reais e NINGUÉM sequer menciona ou dá a devida importância.

Estou falando da venda de produtos físicos como afiliado.

 

Por que você também deveria vender produtos físicos

Antes de tudo, quero compartilhar com você um site chamado Klks.com, cujo dono é uma lenda do SEO que pouquíssimas pessoas conhecem: Greg Morrison. Este site faz parte de um estudo de caso exposto em público, então não estou divulgando nenhuma informação privilegiada.

Dê uma olhada no site agora e responda a seguinte pergunta: Quanto você acha que o Greg fatura vendendo cigarros eletrônicos como afiliado?

a) US$1.000 por mês

b) US$2.500 por mês

c) US$5.000 por mês

d) US$10.000 por mês

e) US$15.000 por mês

Responda antes de prosseguir!

 

 

 

 

 

 

A resposta certa é…

Nenhuma das alternativas! 😛

Acredite ou não, mas este único site, que não é nenhuma obra prima em termos de design e conteúdo, gera US$30.000 por mês em comissões e tudo o que ele faz é comparar cigarros eletrônicos e vendê-los como afiliado.

Quando fiquei sabendo disso, não quis acreditar que um site desses era capaz de gerar uma renda digna de um diretor ou presidente de empresa. Foi um choque total!

E a verdade é que existem diversas pessoas que fazem isso em vários outros nichos como, por exemplo, eletrônicos, eletrodomésticos, suplementos alimentares, aparelhos de ginástica, carrinhos de bebê e por aí vai. A lista de possibilidades é praticamente infinita!

Eu mesmo comecei um novo site para atuar no nicho de eletrônicos utilizando a Zanox e os primeiros resultados são promissores:

Venda de eletronico Julho 2014

Além disso, nas últimas semanas, resolvi entrar à fundo no nicho de cosméticos e suplementos alimentares utilizando a Webafiliados:

Suplementos - Julho 2014

Ainda estou testando outras redes de afiliados e assim que tiver mais resultados e uma opinião mais precisa, irei divulgar aqui no blog.

Existem 2 maneiras de ganhar comissões altas no mundo dos produtos físicos:

1) Vendendo itens com ticket médio alto de grandes varejistas;

2) Vendendo produtos de empresas especializadas em um determinado ramo que fazem parcerias com redes de afiliados. É comum chamarmos esses produtos de “ofertas CPA” (Cost Per Action).

Neste último caso, um exemplo é a Healwheel (eles estavam no Afiliados Brasil), que fazem parcerias com essas redes de afiliados para ter mais capilaridade no mercado e distribuir os seus produtos em larga escala. As comissões variam entre R$50 a R$70 por cada venda.

Este é um modelo de negócio muito comum nos EUA e a variedade de produtos é infinitamente maior do que no Brasil, atingindo até o mercado de seguros e empréstimos.

Caso queira conhecer todas as ofertas que são vendidas nos EUA, visite o site Offer Vault.

 

Como qualquer pessoa pode atuar neste mercado?

Alguns podem pensar: Você só gera esses resultados porque já tem conhecimento em SEO. E quem está apenas começando?

Realmente, saber SEO faz uma grande diferença (e espero tapar esse buraco lançando o meu curso até o final do ano), mas isso não é nenhum impeditivo para conquistar as primeiras posições do Google e realizar vendas.

Acredite ou não, mas há MUITA gente que não faz a mínima do que seja SEO e, ainda assim, consegue alcançar as primeiras posições.

Qual é o segredo? Long-tail keywords.

Caso não saiba, long-tail keywords são palavras longas que os usuários procuram no Google e que, na maior parte das vezes, são super fáceis de se rankear por 3 motivos:

1- Ninguém está preocupado em rankear porque o volume de buscas é baixo ou porque menosprezam o potencial de lucro da keyword;

2- Há poucos resultados relevantes na internet e, por isso, o seu resultado acaba aparecendo;

3- Os outros sequer sabem da existência dessa keyword (isso acontece muito!).

Você pode ser um completo leigo em SEO e rankear nas primeiras posições do Google se atingir long-tail keywords.

Vamos ver um exemplo prático. Digite no Google qualquer uma das palavras abaixo:

– Umidificador Electrolux

– Umidificador Electrolux Ultra Air

– Umidificador Electrolux Ultra Air Eletrônico

Umidificador Electrolux

Em todos os resultados, você irá encontrar um vídeo conforme mostrado na imagem acima. Você acha que  o autor do vídeo sabe alguma coisa sobre SEO para estar nas primeiras posições?

Clicando no vídeo, você terá a resposta:

Video do umidificador

Nada! Nenhum link de afiliado, nenhum sinal de otimização do vídeo e ainda assim ele está gerando tráfego qualificado interessado nesse modelo de umidificador (pena que está perdendo dinheiro…hehe).

Convenhamos que 8.000 visualizações desde Fevereiro de 2013 não é nada fantástico, mas considerando o volume de buscas por esse item (lembrando que é um produto muito específico) e a total falta de conhecimento sobre marketing digital do autor, diria que não é um número desprezível.

Com certeza, ele poderia ter feito algumas vendas desse umidificador se tivesse colocado o seu link de afiliado na descrição, mesmo que não fossem muitas.

Este é apenas um exemplo das inúmeras possibilidades que existem.

Decidi compartilhar também um outro exemplo que até hoje NUNCA revelei publicamente porque…digamos que é um nicho um pouco constrangedor…hehe!

Não é exatamente o melhor exemplo de long-tail keyword, mas vale a pena citar para provar que o mercado de produtos físicos está totalmente aberto.

Trata-se de um vídeo que criei na época em que não tinha metade do conhecimento que tenho hoje sobre SEO. Em outras palavras, sabia tanto quanto qualquer iniciante.

Digite no Google: Potencil masculino

Video do Potencil

Este simples vídeo continua me gerando comissões desde 2013:

Comissao Potencil

Além disso, aproveitei o canal para promover também um produto digital que me rende algumas centenas de reais todo mês. Nada mal para apenas 2 vídeos simples, não é mesmo? 😉

Destaquei estes exemplos de vídeos do Youtube porque muita gente fala que está sem dinheiro e não tem como pagar um domínio ou hospedagem de um site.

Pois bem, saiba que não custa NADA postar vídeos no Youtube para promover produtos. Exige apenas tempo e dedicação.

É relativamente fácil rankear vídeos do Youtube para long-tail keywords, principalmente, se forem nomes de produtos. Os 2 exemplos que mostrei provam isso.

Eu, pessoalmente, prefiro criar sites porque tenho mais flexibilidade para editar o texto, incluir um banner etc. Dá mais trabalho no curto prazo e gera mais custo, mas no médio prazo você tem mais controle sobre o seu ativo.

Enfim, o mais importante a se considerar é que o mercado de afiliados de produtos físicos tem pouquíssima concorrência porque ninguém fala sobre ele! Todos estão focados somente no Hotmart como se fosse a única maneira de ganhar dinheiro como afiliado.

Enquanto isso, alguns poucos exploradores estão aproveitando a piscina vazia bebendo água de coco…

 

Diversifique os seus ganhos!

Existe um conceito muito importante no mundo das finanças que é a diversificação dos investimentos. Acho que todo mundo já ouviu a famosa frase “Nunca coloque todos os ovos na mesma cesta”.

Apesar desta frase não ser nenhuma novidade, as pessoas tendem a ignorar a possibilidade de algo dar errado nos negócios quando tudo está uma maravilha e a festa não parece ter fim.

É aí que mora o perigo!

Por enquanto, vender produtos digitais está bombando, não é mesmo? E se um dia acontecesse alguma falha grave no Hotmart e o site saísse do ar por vários dias? Você teria fôlego para aguentar vários dias sem vendas?

E se os autores de algum produto que você vende simplesmente excluíssem sem nenhum aviso (isto já aconteceu) e não existisse nenhum substituto à altura? Você perderia quanto da sua renda?

Estas reflexões também valem para o mundo dos produtos físicos.

O meu ponto é que, inevitavelmente, situações de crise irão surgir ao longo da vida e você precisa estar bem preparado para enfrentá-las sem grandes danos.

Assim como os meus investimentos financeiros estão bem diversificados entre renda fixa e renda variável, os meus negócios também estão bem distribuídos sob a forma de sites e vídeos onde vendo produtos físicos e digitais.

Em breve, o meu curso de SEO também será uma maneira de diversificar os ganhos.

A mensagem que quero passar neste post é que você não precisa  ficar preso aos produtos digitais porque todos falam somente sobre isso. Existe um outro mercado ENORME bastante lucrativo e sendo extremamente mal explorado, conforme provei aqui.

Basta abrir os olhos e enxergar estas oportunidades!

Vamos aproveitá-las? 🙂

 

Author: Byong Kang

Engenheiro químico fajuto, ex-bancário estressado e atual empreendedor digital vivendo o estilo de vida que sempre quis!

126 thoughts on “A enorme brecha do mercado de afiliados no Brasil

  1. Elton

    Show de Bola Byong, parabéns por Compartilhar.

    Uma dúvida.

    Voce ranqueia os videos em apenas 1 conta do Youtube ?
    ou para cada Nicho uma Conta do youtube ?

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Elton!

      Se você pretende explorar à fundo um determinado nicho (talvez até virar uma autoridade), é melhor criar uma conta exclusiva p/ ela.

      Caso contrário, você pode fazer os testes em apenas 1 conta. O importante é criar um bom conteúdo no vídeo.

      Abraço!

      Reply
      1. Lucas Hatano

        Olá Byong,

        Criar canais no Youtube para divulgar produtos físicos é uma excelente maneira de ter vendas online como afiliado, minha empresa presta serviços para e-commerces e muitos clientes começam a se interessar em ter afiliados pois estes podem gerar muitas vendas pra eles e auxiliá-los a obterem muito mais resultado em troca de comissões.

        Eu acredito que a atração do mercado de produtos digitais, como a plataforma hotmart, esteja vinculado as altas margens e lucratividade, mas concordo contigo em relação ao ciclo vicioso que isso pode acarretar.

        Existem excelentes estratégias de tráfego (SEO e Share) e conversão (Copy e Persuasão), além de nichos inexplorados no mercado brasileiro. Parabéns pelo conteúdo.. 😀

        Reply
      2. Marcos Farias

        Byong,

        Qual das 2 plataformas abaixo você considera mais completa para quem está comensando?

        1: Lomadee
        2: Zanox

        Reply
  2. Ricardo Costa

    Byong, eu não sei NADA sobre marketing digital e pouquíssimo sobre negócios online, mas nas últimas semanas estou flertando com o assunto (e gostando bastante!), e tive exatamente essa impressão que você descreveu no post, ao seguir algumas fontes diferentes de conteúdo, você logo percebe que elas estão falando a mesma coisa, ensinando as mesmas técnicas e etc.

    E mesmo sendo leigo comecei a me questionar se essa onda está mesmo só começando, gostei de ler aqui que sim (quem sabe eu não consiga surfar também? 😀 ), e melhor ainda ler sobre essa visão de diversificação! Em qualquer lugar, qualquer nicho, modismo e efeito manada não acaba muito bem, né?

    Enfim, eu ainda vou assistir o teu guia do iniciante antes de te perguntar dicas sobre marketing de afiliados e outras oportunidades online por enquanto quero deixar meus parabéns pelo conteúdo!

    Abraço,

    Reply
  3. Jotta Lima

    Olá Byong,

    Parabéns e obrigado pelo excelente artigo.

    Reply
  4. Alex

    Boa tarde ! Byong Você tem toda razão estamos muito focados em produtos digitais, e esquecemos o horizonte de oportunidades. Valeu pela dica me ajudou bastante !!

    Reply
  5. Márcio Carvalho

    Olá Byong, tudo bom?

    Muito bom o artigo, parabéns…Gosto muito do seu trabalho e é um prazer acompanhar seus artigos.

    Duas dúvidas rápidas. No artigo você se refere a Offervault.

    1) Vi que eles tem muitas oportunidades. É possível trabalhar com eles como afiliados mesmo estando no Brasil? Ou é uma plataforma que só funciona para os americanos?

    2) Com relação às plataformas nacionais que você citou e outras tantas nacionais que temos de produtos físicos, vi que é necessário ter site para ser aceito.
    Caso o afiliado crie um site para avaliação das plataformas. É indicado ter quantos artigos aproximadamente para ter seu cadastro aprovado. Como você faz no caso de um projeto novo e ainda não ter cadastro em determinada plataforma de programa de afiliados?

    Obrigado. Ficarei grato se puder ajudar.

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Márcio!

      1) Sim, é possível trabalhar com ofertas americanas estando no Brasil, mas você teria que vender aos americanos. Cada oferta tem o seu público-alvo bem descrito.

      2) A avaliação depende de cada plataforma. Alguns são mais rígidos (eu mesmo tive um site que não foi aceito na Lomadee – burros, estão perdendo minhas vendas…hehe) e outros menos. É sempre interessante ter um blog com aparência decente p/ usá-lo nos cadastros. Eu uso o Mundo Y e, depois, se exigirem o site onde realmente faria as vendas, mostro com todos os textos prontos.

      Abraço!

      Reply
      1. Márcio Carvalho

        Poxa Byong! Obrigado mesmo pelos esclarecimentos. Já li todo o seu site mas ainda me sinto “engatinhando” nisso tudo rsrs, mas quero muito fazer acontecer. Muitas dúvidas ainda rondam a mente e tenho trabalhado diariamente para saná-las e poder dar o próximo passo.

        1) Dessa forma achei um pouco mais complicado rsrs, irei iniciar com as opções locais.

        2) Burros mesmo, hehehe. Bem, o jeito vai ser eu colocar um pouco mais de conteúdo no projeto atual pois está “insuficiente” para não dizer zerado, rs e tentar realmente aprovação nestas plataformas. Legal você ter citado que apresenta o Mundo Y para aprovação pois de fato, é complicado você ter um site para cada proposta ou nicho para apresentar a diferentes plataformas.

        Obrigado. Abraços

        Reply
    2. Pedro Guilherme

      Olá, conheço uma plataforma de afiliados para produtos físicos aqui no Brasil. Cadastro grátis (e eu não ganho nada para divulgar) apenas recomendo pois já venho tendo algum resultado de verdade. Caso venha ter interesse, segue o link: http://importafast.com.br/TopAfiliados/

      Boa sorte! E se você encontrou outros programas de afiliados e já tem algum resultado, compartilha se possível.

      Reply
  6. Gustavo Viegas

    Excelente conteúdo!

    Estamos em sintonia Byong! É o velho comportamento de manada, todo mundo promovendo e produzindo quase a mesma coisa, só muda o nome do curso (Existem bons cursos, não vou generalizar, mas são poucos).

    Também estou com foco nos produtos físicos em um novo projeto voltado para o público feminino. Estou até mesmo pensando em promover o meu próprio produto, mas os riscos são maiores, talvez no decorrer do tempo venha valer apena.

    Outro ponto bastante importante que você mencionou é o foco no youtube como principal rede social. Todos nós conhecemos vários empreendedores que aumentaram seus ganhos produzindo conteúdo para o youtube, não somente ganhos no mundo virtual como venda de produtos de afiliados ou tráfego para o site, mas até mesmo para empresas físicas como foi o caso do Alexandre da High Toque, conhecido canal sobre mecânica, que diz em reportagem na Veja que o movimento em sua oficina aumentou em 40%.

    Fico por aqui!

    Sucesso em seus negócios.

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Nossa! Não sabia que havia pessoas gerando negócios p/ uma oficina mecânica do Youtube!

      O cara mandou muito bem!

      Reply
  7. Fernando

    Ótimo artigo Byong!

    Concordo plenamente,

    Hoje o foco do marketing de afiliados para muitas pessoas é trabalhar com infoprodutos (nada contra também)
    Mais para quem não sabe, o mercado de CPA com produtos físicos já existe a muito tempo na gringa e bomba muito lá fora até hoje. Espero que o cenário melhore no brasil e que muitos possam aproveitar essa grande alternativa de trabalho.

    Abraço!!

    Reply
  8. Élida

    Já tinha pensado nisso antes. Acho a área de produtos físicos muito mais segura que a de produtos digitais. Ás vezes, é até mais fácil concretizar as vendas, pois não precisamos convencer a pessoa a comprar o produto ou tentar mostrar pra ela que precisa daquilo.

    Roupas, calçados, remédios… tendo dinheiro ou não as pessoas compram. Já produtos digitais ainda há uma desconfiança.

    Sabendo compreender o que você fala e raciocinando um pouco, a gente nem precisa de cursos. Gostaria que houvessem mais pessoas como você, que em pouco tempo se demonstra profissional no que faz, tanto em entendimento do assunto quanto em seriedade com o ramo de atuação.

    Sem mais bajulações. (rsrsrsr)

    Obrigada por mais um ótimo artigo!

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      O público feminino é ótimo p/ vender produtos físicos…heheh!

      Só de produtos de beleza, o número é infinito! 😛

      Reply
  9. Mateus Ferrreira

    Parabéns Byong! Você é o “tempero” que faltava no marketing digital brasileiro. Obrigado por compartilhar conosco.

    Reply
  10. Everton Dias

    Excelente artigo! Excelente mesmo!

    No caso do Hotmart é verdade! O problema também é que muita gente que esta começando a aprender sobre esse ramo, tenta divulgar produtos no Hotmart, não consegue nada e reclama. Acho que no Hotmart para vender alguma coisa, já é necessário ter uma divulgação mais profissional.

    O Hotmart com certeza é incrível, mas ficar bitolado somente nele não é algo aconselhável.

    Eu mesmo participo de uns 6 programas de afiliados de nichos diferentes e a minha renda com outros programas por enquanto supera a renda vinda do Hotmart.

    Existem programas de Afiliados que participo que me geram ótimas rendas… e o mais engraçado é que eu nunca vi ninguém sequer falar desses programas.

    Garimpar, pesquisar e testar por conta própria também trazem resultados incríveis!

    Abraços!

    Reply
  11. Newton Almeida

    O Fernando Augusto vendeu ebooks sobre a importação de produtos eletrônicos da China e a sua venda no Mercado Livre, sem passar pelas mãos do vendedor, era o Renda Agora, não era ? Depois parece que o Mercado Livre fechou essa possibilidade. O importante, o início de tudo é conseguir tráfego, então o SEO é muito importante. Com o tráfego em alta o faturamento acaba acontecendo.
    Desejo a todos DINHEIRO PAZ AMOR – Newton Almeida

    Reply
  12. Luis Fernando

    Byong – você que cria o conteúdo para seus blogs ou contrata freela?

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Luis!

      A maior parte deles fui eu que criei, mas estou começando a terceirizar mais.

      É mais eficiente ter um texto pronto e depois dar uma ajeitada pessoal do que escrevê-lo desde o começo (exceto este blog…hehe).

      Abraço!

      Reply
  13. Cristiano

    Olá Byong,

    Muito bom seu post , obrigado por compartilhar o seu conhecimento .

    Eu ainda estou engatinhando no marketing digital e para mim essas dicas são muito importantes.

    Parabéns mais uma vez!

    Reply
  14. João Pedro Mergulhão

    Parabéns pela seu artigo Byong, realmente todos os cursos que vem surgindo no Hotmart são nada mais que cursos ensinando a como vender produtos do Hotmart. Eu ja trabalho com produtos físicos mas não tenho uma renda considerável com eles, pois eu somente pago um anúncio e nada mais.

    Uma dúvida que eu tenho é: Em seus sites onde você promove certos produtos, você costuma ter um Avatar para se aproximar do comprador ou você simplesmente apresenta os produtos?

    Muito obrigado por compartilhar esse conhecimento, forte abraço!

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá João!

      Depende do nicho. Tem nichos em que não me importo de “mostrar as caras” e outros prefiro criar um avatar porque não faz sentido me expor para falar sobre o assunto (o vídeo do exemplo que mostrei no post é um deles…hehe).

      Abraço!

      Reply
  15. joao

    Muito bom artigo byong mas fiquei na duvida.

    No seu curso de facebook vc diz que produtos fisicos pagam pouco e sempre que converso com algum guru se vale a pena criar um Blog voltado para produtos fisicos eles dizem que “não vale a pena”.

    Bem lendo este seu artigo e vendo seus resultados vi que não é verdade o que dizem pois dos cursos que comprei de SEO dizem que se as buscas forem menor de 400.000 é para evitar e palavras cauda longa é bom so no inicio do blog.

    Eu criei um blog de relacionamento recentemente pois o nicho ganhar dinheiro ta MUITO competitivo e todo mundo so foca nele e vi uma grande Brecha neste nicho e agora que vc abriu meus olhos to pensando em criar resenha para produtos fisicos também no blog e queria te perguntar se posso misturar produtos fisicos e produtos digitais num blog ?.

    Valeu ai,belo artigo

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá João!

      Sim, inclusive eu faço isso: misturar produtos físicos e digitais em um mesmo canal (obviamente que devem ser do mesmo nicho).

      As ofertas CPA tem comissões equiparáveis à produtos digitais e, no caso de produtos de varejistas, você compensa a comissão baixa vendendo produtos de ticket médio alto.

      Se você vender produtos baratos como chinelos, camisetas…aí realmente não vale a pena. Escolha nichos em que os produtos custam algumas centenas ou milhares de reais.

      Abraço!

      Reply
  16. Ari Leite

    Olá Byong,

    Há pouco tempo conheci o Mundo Y e já me tornei admirador do seu estilo franco de abordar o assunto internet marketing.
    Gostei muito do seu artigo, pois sem nenhuma experiência na área, e sem cair no “canto da sereia” desses que vendem mais ilusão do que realidade, optei por fazer o curso Top Afiliados (justamente focado em infoprodutos e no Hotmart), mas já tinha observado o GRANDE potencial do mercado de afiliados para produtos físicos.
    O seu texto só veio confirmar o que eu suspeitava.
    Parabéns pelo trabalho no blog. Ótimos artigos e dicas. E já assisti os seus vídeos do Guia do Iniciante.! 🙂

    Grande abraço,
    Ari

    Reply
  17. Gabriel

    Cara parabéns pelo artigo.
    Quando comecei na internet também trabalhava com produtos físicos e infelizmente acabei deixando de lado devido ao alto valor de comissão pago por produtos digitais.

    Acabei virando infoprodutor e esqueci totalmente dos produtos físicos.

    Com o tempo quero voltar a trabalhar com produtos físicos devido a justamente todos os motivos que você descreve no artigo.

    Mesmo assim acredito que por enquanto ainda é o momento dos produtos digitais. O mercado está super aquecido.

    Abraço.

    Reply
  18. Leandro

    Olá Byong,

    Achei legal a postagem, mas queria te dar uma idéia, aproveitando o contexto de estudo de caso, porque você não faz um de algum site seu no estilo do Greg? Eu sinceramente nunca vi no mercado brasileiro algum afiliado tirando você, falando de assuntos de afiliado sobre produtos físicos. Desculpe, mas as vezes principalmente pra quem é iniciante em SEO as vezes parece muito abstrato, enfim é isso.
    abraços.

    Reply
  19. Susana

    Muito bom post Tiago ! (hehehe eu gostei da utilização do avatar)

    Isso me lembrou o tópico que falava sobre explorar o nicho de beleza feminina. Havia o exemplo de um vídeo no youtube sobre um produto feminino que estava bem posicionado, recebia bastante visitas e não tinha qualquer link de afiliado. E agora mais um exemplo de um vídeo que poderia estar ganhando dinheiro como afiliado e não está!

    Você tocou em um ponto central: infezlimente, muitos de nós que trabalhamos promovendo links de afiliados seguimos “o caminho da manada” nos focando exclusivamente em indicar produtos do Hotmart porque uma suposta autoridade faz assim, ganha dinheiro assim e todos fazem assim. Diversificar é fundamental.

    O bom dos produtos físicos é que muitos deles já são bem conhecidos do público, bem como as empresas que os comercializam. Não temos que trabalhar a questão da credibilidade. No Hotmart quase ninguém conhece os produtos e muito menos seus produtores. Muitos acabam ficando um pé atrás por conta disso e perdemos preciosas vendas.

    Tem outra vantagem que eu vejo com relação aos produtos físicos quando os comparo aos produtos digitais. No primeiro caso, podemos encontrar produtos de primeira necessidade que as pessoas querem. Elas não podem se dar ao luxo de pensar se querem ou não o mesmo, elas PRECISAM comprar! E se encontram o mesmo em sua frente sendo ofertado, irão comprar com certeza. E o melhor de tudo é que muitos destes produtos são de uso contínuo. As pessoas precisam deles mês após mês. Podemos fazer várias vendas para a mesma pessoa! Com produtos digitais é mais complicado. Você compra uma informação e não precisará mais comprá-la.

    Certamente vou ponderar a possibilidade de trabalhar também os produtos físicos!

    Reply
  20. Jean Pierre Malaquias

    Amigo, vou ser sincero com você…..

    Estou cadastrado em várias lista de gurus do internet Marketing e quando recebo um email seu,
    sério, pareço uma criança que recebeu um doce, existe os gurus e os génios, vc é um génio digital.

    Parabéns, seu trabalho é a ALTA qualidade!

    Reply
  21. Rafael Rodrigues

    Byong, vc mostrou um caso em que o cara poderia muito bem ganhar alguns bucados de dinheiro se trabalhasse como afiliado…
    Posso Fazer oq aquele cara não fez? (Não exatamente aquilo) Mas a técnica bem aplicada?
    Encorporar os links de afiliados dessas plataformas em redes socias como Youtube e Facebook?

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Rafael!

      Você pode promover os produtos da forma que achar melhor, seja por meio de sites, Youtube, Facebook etc.

      Abraço!

      Reply
  22. Vinicius

    Parabéns pela matéria. Incrível as informações que disponibiliza. Admiro o seu trabalho.
    Sucesso.

    Reply
  23. Francis

    O mais engraçado é ver que a maioria dos cursos ensinam a vender os cursos, não está explícito isso, mas se o curso está disponívl no hotmart e ele ensina tecnicas para vender no hotmart…

    Reply
  24. Adelson

    Olá Byong, parabéns pelo post ! Sobre a Zanox, eu preciso ter um blog ou posso divulgar os produtos no YouTube ou Facebook ? Agradeço desde já !

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Adelson!

      Sim, você pode utilizar o Youtube ou Facebook para divulgar os produtos.

      Só não tenho certeza se no cadastro inicial na plataforma eles aceitam sem blog. Verifique com eles!

      Abraço!

      Byong

      Reply
      1. Adelson

        Muito obrigado pela resposta Byong, valeu pela atenção !

        Reply
  25. Pieter

    Oi Byong! Você pode me dizer qual a empresa que tem programa de afiliados para empréstimos?

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Pieter!

      Aqui no Brasil acho que não existe. É só nos EUA.

      Se tiver curiosidade, entre no Offer Vault e procure a categoria de Loans ou Finance.

      Abraço!

      Reply
      1. Pieter

        Obrigado pela dica! Esses produtos da HealWheel são pouco éticos. Faz lembrar a vaga de promoção do açaí alguns anos atrás. Deixei um link no meu site se você estiver interessado na minha opinião.

        Reply
        1. Byong Kang Post author

          Olá Pieter!

          Concordo em parte. Tem sim algumas “pílulas mágicas” que não me sinto confortável em promover, mas há também produtos naturais que eu sei que realmente trazem benefícios à saúde como, por exemplo, o goji berry (eu compro a fruta) e o café verde.

          Neste caso, a ética está na forma de promoção. Alguns vão utilizar o sensacionalismo, e outros os fatos. Se você utilizar os fatos, estará sendo ético.

          Abraço!

          Reply
  26. Samara

    A melhor parte de promover produtos físicos é a baixa concorrência. No hotmart qualquer produto BOM que você decide promover já existe um exército de afiliados “lutando” uns com os outros para obter o último clique e levar a comissão. Minhas vendas diminuiram bastante com o aumento progressivo dessa concorrência nos últimos meses, e daqui pra frente a tendência é só piorar. Penso que os únicos felizes com isso são os produtores, pois eles não dependem dos cookies do hotmart para realizar vendas, portanto, para eles quanto mais pessoas divulgando, melhor.

    Outra vantagem dos produtos físicos é a VARIEDADE. Existem MILHARES de produtos para diversos tipos de nichos, micro-nichos, idade e gênero. Sendo assim, tem espaço para todos e ainda sobra!

    Por outro lado, os produtos digitais estão ficando SATURADOS e muito repetitivos. Parece que tudo no hotmart gira em torno de “ganhar dinheiro na internet”, “importar da china”, “como emagrecer”, etc… Todos os dias surgem novos cursos sobre esses mesmos temas.

    Infelizmente a maioria dos programas de afiliados para produtos físicos não oferecem a mesma liberdade de divulgação que a hotmart oferece. No hotmart você nem precisa ter um site para se cadastrar, enquanto nas outras empresas levam dias ou até semanas para eles aceitarem seu blog (Muitas vezes não aceitam).

    Parabéns pelo artigo!

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Samara!

      As ofertas CPA costumam ser menos rígidas com relação à ter um site/blog para ser aceito no programa de afiliados. Dê uma olhada nesses produtos porque há muita coisa para o público feminino.

      Abraço!

      Reply
  27. Claudio

    Excelente post. Estou trabalhando hoje apenas com Hotmart, seguindo a manada, mas você me abriu os olhos para um mundo novo. Valeu mesmo! Me dê uma dica sobre o programa de afiliados da Healwheel. Não encontrei no site como fazer o cadastro para o programa de afiliados. Como faço este cadastro?
    Abraço e sucesso.

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Claudio!

      O cadastro você pode fazer pela Webafiliados (deixei o link no post). Eles são uma das redes parceiras que ajudam na divulgação dos produtos da Healwheel.

      Estou testando outras também para ter mais opções. Assim que tiver resultados, eu divulgo aqui.

      Abraço!

      Reply
  28. Marcos

    Muito bom artigo…mais minha pergunta/comentário seria em relação ao seu futuro curso.

    Vai ser um curso do básico ao avançado?

    Vai ser para um total iniciante ou para quem já tem uma noção?

    Abraço!

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Marcos!

      Vai ser do básico ao avançado, tanto p/ iniciantes quanto p/ quem já tem alguma noção.

      Abraço!

      Reply
  29. Flávio Raimundo

    Muito bom o artigo Kang e o blog!
    Apenas discordo um tiquinho dessa parte: “existe um outro mercado MONSTRUOSO que já movimenta bilhões de reais e NINGUÉM sequer menciona ou dá a devida importância.”
    “Ninguém” é muita gente…. 🙂

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Flávio Raimundo!

      Hahah…”ninguém” na minha amostragem de dezenas de listas assinadas do pessoal que tem mais exposição no mercado brasileiro.

      Sim, tem uma galera aproveitando isso, só não conheço quem mostre as estratégias e resultados de produtos físicos. No exterior é mais fácil encontrar.

      Abraço!

      Reply
  30. Adriano Ramos

    Olá Byong, que semelhanças têm o dropshipping com o mercado de afiliados de produtos fisicos ? Ou melhor, que diferenças?

    Pelo que eu consigo entender no dropshipping você tem total responsabilidade sobre a compra/venda até à entrega no cliente, correto? Já no afiliado de produtos fisicos é a empresa (produtora do produto) que trata de tudo, correto?

    Nós apenas temos que direcionar o cibernauta (através de videos no youtube, blogs, artigos) para a pagina de vendas de um produto fisico (que contém o nosso link de afiliado) e sempre que houver uma venda, vamos buscar uma comissão… é isto?

    Se assim for, já tinha pensado neste mercado à muito tempo, só ainda não sabia que já existia no mercado de lingua portuguesa :))) boaaas noticias.

    Abraço,
    AdrianoRamos

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Adriano!

      Não conheço à fundo o negócio de dropshipping, mas basicamente é isso que você disse. No dropshipping você vende um produto sem ter estoque e o fabricante envia o produto diretamente ao cliente final, mas você tem sim responsabilidade na entrega.

      No mercado de afiliados, você não tem nenhuma responsabilidade no processo, apenas indica um novo cliente e recebe a comissão. Depois, o cliente e a empresa se comunicam.

      Abraço!

      Reply
  31. Junior

    Olá Byong. Parabéns pelo artigo. Após ler esse artigo eu fiquei com algumas dúvidas:

    Você faz site para um produto específico? Se faz, quantas buscas mensais é legal para fazer um site assim?

    Você disse que o “SEO” é rankear para palavras longas. Quantas buscas mensais é interessante rankear para uma palavra de “cauda” longa?

    Onde você compra tantos temas para esses sites?

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Junior!

      No passado, já fiz sites p/ produtos específicos, mas hoje eu acho muito melhor criar um site sobre um tópico e depois criar posts/páginas sobre vários produtos dentro do nicho.

      Assim você não precisa comprar um domínio novo p/ cada produto e se ele sair de linha, também não perde o domínio.

      O volume de buscas é muito relativo e varia p/ cada pessoa. Eu prefiro que tenha, pelo menos, uns 20~30.000 buscas mensais, somando as principais keywords relacionadas ao assunto. Mas dependendo, posso baixar p/ 10.000, por exemplo, se for um produto com muito apelo. Esse critério é bem variável.

      Não falei que SEO era rankear para palavras longas. Eu disse que é mais fácil rankear porque há menos pessoas focando nelas. O volume varia, como já disse antes, mas long-tails pode ser algo entre 500 a 1.000 buscas mensais.

      Dependendo do caso, com a long-tail você ainda consegue rankear p/ algumas das keywords principais. Lembrando que o Keyword Planner é apenas uma estimativa dos números, a realidade costuma ser maior.

      Eu compro temas no Themezilla, Themeforest, Elegant Themes…há várias empresas que vendem temas legais.

      Abraço!

      Reply
  32. Geraldo Barbosa

    Fantástico seu post Byong, como sempre!
    Desde que eu comecei a estudar sobre programas de afiliados eu vejo que o mercado e afiliados de produtos físicos tem um grande potencial e é isso que eu estou tentando explorar.
    Pra falar a verdade eu tenho dificuldade em promover produtos digitais, primeiro porque dá para contar no dedo os que são de qualidade e segundo que a concorrência para divulgar eles é grande, então o mercado de produtos físicos está mais aberto.

    Abraços,
    Geraldo

    Reply
  33. Leandro

    Byong, nesse vídeo que você cosnseguiu rankear do Potencil, você usou um SEO básico ou mais avançado? E quanto tempo depois ele começou a te dar um resultado?

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Leandro!

      SEO básico, assim como o outro vídeo amador. Não lembro exatamente o período, mas acho que foi menos de 1 mês.

      Abraço!

      Reply
  34. Daniel Paiva

    Olá Byong, uma dúvida, se tenho por a keyword “decoracao para seu predio” com 100.000 procuras e “decoração para seu prédio” com 100 buscas, a dúvida é se irei perder visitas se colocar na meta-description da página “Saiba como fazer a decoração do seu prédio”.

    abs

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Daniel!

      Não, o Google sabe que são palavras iguais, com ou sem acento. Digite qualquer palavra sem acento e você irá ver resultados com acento também.

      Abraço!

      Reply
  35. Filipe

    Parabens Byong, seus artigos sao execelentes !!

    Espero ansioso pelo seu curso de SEO, pois as técnicas mostradas sao execelentes mais se queremos um otimo resultado e preciso aprender SEO corretamente.

    Reply
  36. Douglas Shimada

    Fala Byong,

    cara, ótimo artigo!

    Sobre seu CURSO DE SEO, você vai abordar como fazer SEO básico e também avançado?
    Você vai ensinar também ONDE vamos poder usar o SEO para ganhar dinheiro, exemplo, SEO para trabalhar com afiliados (como vc faz)?

    abraço!

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Douglas!

      Sim, do básico ao avançado.

      Ainda não decidi se mostro um outro site meu como estudo de caso ou se crio um site do zero. Estou pensando mais na 2º opção.

      Abraço!

      Reply
  37. Débora

    Byong,
    Quantos sites vc acha que devo ter para pelo menos ganhar na faixa de uns 4.000,00, aplicando as técnicas de SEO?
    Meu nicho é o de beleza e estou entrando agora nesse mercado de marketing digital.
    E por curiosidade se puder me responder, quantos sites vc tem ou pelo menos com quantos vc começou p ganhar pelo menos 4 dígitos usando as técnicas certas de SEO?
    Obrigada

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Débora!

      É difícil dizer qualquer número porque é muito relativo. Você pode ter apenas um site rendendo mais de R$10.000, assim como pode ter 20 sites rendendo apenas R$1.000 por mês.

      Depende do nicho, da sua competência p/ criar bom conteúdo, gerar tráfego, realizar vendas etc. Por exemplo, no seu nicho de beleza, sei que há blogueiras ganhando várias dezenas de milhares de reais!

      Não lembro exatamente, mas acho que alcancei 4 dígitos com 2 sites e 2~3 vídeos.

      Abraço!

      Reply
      1. Débora

        Muito obrigada por responder! Estou doida p me cadastrar na sua lista restrita, mas só vou conseguir hj a noite do meu note, pq de onde estou o tal do botão “laranja” não aparece! Acho q deve ser bloqueado.
        Parabéns pelo conteúdo e muito obrigada por me responder! Estava a ponto de comprar o curso de alguns “gurus” vendendo segredos e lendo o seu blog vi que só ia perder tempo seguindo pessoas erradas!
        Seguirei somente vc agora! Você será o meu mentor, pq vi aqui q vc não vende cursos e dá informações necessárias e só vai vender pq as pessoas estão te pedindo! Pq vc mostra os resultados diferentes desses “Gurus” que mostram resultados vendendo seus próprios infoprodutos!

        Nos vemos por aí!
        Abs,

        Reply
  38. Nilson

    Olá Byong

    Parabéns por mais um artigo excelente

    Byong você disse que para aplicar as técnicas de SEO que você vai ensinar no curso é necessário investimento,minha dúvida é se esse investimento terá que ser feito toda vez que eu desejar rankear um site ou se o investimento é feito apenas uma vez?

    Abraço e sucesso

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Nilson!

      Isso vai depender da concorrência da keyword. Você pode sim rankear p/ várias keywords investindo em uma estrutura inicial, mas é claro que em algum momento ela vai saturar e você terá que fazer mais investimento, principalmente, se houver alta concorrência.

      Abraço!

      Reply
  39. Helenice Furlanetto

    Oi Byong!
    Fiquei muito interessada no mercado de afiliados dos produtos físicos,
    Gostaria de saber como você faz a procura desse mercado?
    Ex: na área de maquiagem como eu encontro as lojas de filiação?
    Quais são as grandes lojas para se trabalhar como afiliados? obrigada, att,

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Helenice!

      Você pode procurar as lojas parceiras de plataformas de afiliados (como a Zanox, Lomadee etc) e ver se há algum na área de maquiagem ou pode também pesquisar no Google da seguinte maneira:

      nome da loja/marca + afiliado
      nome da loja/marca + programa de afiliado

      E assim por diante.

      Abraço!

      Reply
  40. Helenice Furlanetto

    Muito obrigada, vou pesquisar , ainda não tenho site, blog, ou fan page somente um perfil
    estou iniciando, mas esse ano já fiz vários cursos! como você disse o mercado ta muito repetitivo com
    esse negocio de vendas digital, Ainda não sei se entro no nicho de artesanato ou de beleza,
    mas acredito que o de beleza ganha! srsrs att,

    Reply
  41. Julio

    Olá Byong, tudo bom? Gostaria de saber se este é um de seus sites, porque ví alguns feeds em português do Mundoy. O site é seu ou é plágio? Abs.
    Julio.

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Julio!

      Fiquei curioso de saber como você encontrou esse site estrangeiro, pois não tenho a mínima ideia do por que ele está com os feeds do meu blog.

      Muito estranho…

      Abraço!

      Reply
  42. jose

    ola byong

    estou aprendendo muito com suas dicas de marketing e estou aguardando o curso de seo vai sair mesmo?

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Jose!

      Sim, o prazo inicial p/ terminar o curso é Dezembro. Vamos ver se consigo conciliar tudo…hehe.

      Abraço!

      Reply
  43. Adelson

    Olá Byong, ontem postei um link afiliado no Facebook, no caso era do Lomadee, e o Facebook me bloqueou por alguns dias dizendo que o conteúdo era proibído, como podemos então postar links afiliados no Facebook ? Desanimei rsrsrsrsr…

    Reply
    1. Adelson

      P.S. Postei o link afiliado em um grupo, através do meu perfil mesmo, será que se fosse através de uma Fanpage eles deixariam ? Obrigado mais uma vez !

      Reply
      1. Byong Kang Post author

        Postar links de afiliado em grupos e fan pages é considerado spam. Tente o que mostrei neste artigo com vídeos no Youtube. Será muito mais eficiente!

        Abraço!

        Reply
  44. Rafael Rodrigues

    Você mostrou um resultado impressionante pela Webafiliados. Meus Parabéns.
    Qual foi o segredo? Onde conseguiu tanto tráfego para que as pessoas vissem seu produto?
    Na maioria das vezes, as pessoas tem a faca e queijo na mão mas não sabem trabalhar. Gostaria de sua opinião quanto a divulgação desses Produtos. (Melhores lugares para divulgar), além do blog.

    Ficarei Muito Grato por me Ajudar.

    Abraço! 🙂

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Rafael!

      A maior parte do tráfego veio do Google e uma parte menor do Youtube.

      Abraço!

      Reply
    1. Aline

      O meu perfil no Uol Mais foi cancelado, também não sei o motivo! 🙁

      Reply
  45. Mateus

    Parabéns pelo seu excelente artigo e muito obrigado pela dica. Para mim que estou apenas começando a estudar esse mercado você pode imaginar a importância dessas informações. Eu já andava pensando nessa possibilidade de rápida saturação do mercado de cursos que ensinam a ganhar dinheiro.

    Reply
  46. Renato

    Olá Byong! Estou muito interessado em fazer o seu curso de SEO. Tem previsão de quando vai abrir as inscrições? Ah, uma dúvida que tenho sobre o seu curso é se ele vai servir para rankear qualquer site ou somente aqueles baseados no wordpress. Grato. Renato.

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Renato!

      A previsão é Dezembro deste ano. Antes disso acho um pouco difícil, mas vamos ver.

      Abraço!

      Reply
      1. Renato

        E sobre a segunda pergunta vc não me respondeu Byong… O seu curso vai ensinar a rankear sites de todos tipos de plataformas(ex: Joomla, Blogger, Ghost, Textcube, Wix, Tumblr, etc) ou somente aqueles baseados no wordpress? ( Ou será que devo entender que será focado só nos baseados no wordpress?) PS. Não precisa publicar este comment se for o segundo caso Byong, que eu entenderei, abraço!

        Reply
        1. Byong Kang Post author

          A lógica por trás da estratégia continua a mesma, mas o WordPress é muito melhor porque há uma enorme variedade de plugins para se trabalhar.

          Eu vou mostrar o que faço no WordPress porque é a plataforma que uso.

          Abraço!

          Reply
          1. Renato

            Opa Byong, valeu pelo feedb! Pelo que entendi, então vou poder rankear o meu site do Wix e meus blogs do Tumblr e Blogger. Estou começando com o Joomla também que na minha opinião não fica atrás do WordPress não. Valeu! 😉

  47. Nilton

    Olá Byong
    Você já ouviu falar da Rise Social Commerce? Sabe se é uma boa plataforma? Abraços

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Nilton!

      Não conheço essa plataforma.

      Abraço!

      Reply
  48. Rogério

    Olá Byong! eu pretendo atuar no ramo de facebook marketing, mas como eu vou poder divulgar na minha página de fãs produtos dessas empresas como Zanox e Lomadee se para se cadastrar nessas empresas precisa ter um site. Vc conhece outra forma ou outras empresas, por favor esclareça essa dúvida pra mim.

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Rogério!

      Você pode criar um blog apenas p/ dizer que tem um site. Costumo usar o Mundo Y nos cadastros, mas depois aviso que farei a promoção dos produtos em outros sites também.

      Pergunte ao suporte de cada empresa, eles podem te dar mais orientações.

      Abraço!

      Reply
  49. Samara

    Olá, Byong

    Eu gostei muito do seu artigo e tenho muita vontade de trabalhar com produtos físicos, mas infelizmente não encontrei nenhuma empresa séria que realmente paga os afiliados.

    A Lomadee, por exemplo, NUNCA me pagou nenhuma comissão. Eu tenho 780,00 reais na lomadee com o status “pendente” há mais de 60 dias. Eles não me dão nenhuma satisfação sobre as comissões. Ou seja, trabalhamos de graça para eles. O reclame aqui está lotado de reclamações sobre a lomadee.

    Infelizmente eu não conheço nenhuma outra empresa que trabalha com anunciantes de peso como casas bahias, ponto frio, ricardo eletro, sephora, etc. ..

    Você conhece alguma empresa SÉRIA de produtos físicos que realmente paga as comissões em dia? Poderia me indicar algumas?

    Obrigada e parabéns pelo artigo!

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Samara!

      A Lomadee estava com muitos problemas de pagamentos antes de integrarem com o Bcash, mas agora está funcionando normal.

      Eu também tinha pagamentos “pendentes” há meses e enchi MUITO o saco deles p/ conseguir todo o valor.

      Sugiro que envie 1 ticket no suporte deles a cada 2 dias relatando o pagamento que não ocorreu. Eu enviei uns 7 tickets no suporte até conseguir uma resposta e o pagamento.

      Eu prefiro mais a Zanox na venda de produtos das varejistas. Nunca tive problemas!

      Abraço!

      Reply
  50. Eduardo

    Byong, na sua opinião qual é a melhor plataforma para divulgação dos produtos, o Youtube ou a UOLMais? Em relação a como essas plataformas são rankeadas no Google, e consequentemente o volume de tráfego que elas geram. Você já falou do Youtube em alguns posts, e escreveu um post inteiro sobre os benefícios da UOLMais, em razão do domínio de autoridade e o massivo tráfego interno. Mas o Youtube também não possui um grande tráfego interno, e é um domínio de mais autoridade ainda, além de ser favorecido pelo Google no SEO? Se você me puder tirar essa dúvida eu agradeceria muito, acho que seu site é sem dúvidas o único no Brasil que publica material de qualidade para quem está querendo entender como funciona de fato o marketing digital.

    Reply
    1. Byong Kang Post author

      Olá Eduardo!

      É muito difícil dizer qual é o melhor absoluto porque cada um tem vantagens e desvantagens e não tenho nenhum dado concreto p/ “bater o martelo”.

      Por exemplo, muitos tem reportado que os vídeos do UOL Mais estão sumindo de repente (apesar de eu nunca ter tido um vídeo removido) e esse é um risco de usar a plataforma deles, é preciso entender bem quais são as regras de utilização sob pena de suspensão da conta.

      Por outro lado, acho que a marca UOL ajuda bastante na conversão porque quem assiste um vídeo lá acaba associando o conteúdo à credibilidade da marca e, TALVEZ, isso possa aumentar a realização de vendas (desde que o vídeo não seja ruim ou puramente vendedor).

      Agora, no Youtube acho mais difícil você ter um vídeo removido da mesma forma que no UOL Mais, o que passa mais segurança. Porém, para você conseguir um bom tráfego, é importante entender um pouco de SEO no Youtube p/ poder conquistar as primeiras posições e ter mais visitas (a menos que o seu vídeo viralize).

      Em termos de SEO no Google, é muito relativo. Ambos são bons p/ rankear, mas obviamente que o xodó do Google será sempre o Youtube.

      Você pode testar das 2 maneiras e comparar os resultados.

      Abraço!

      Reply
      1. Marcos Farias

        Byong, obrigado por comprartilhar as dicas!

        Hoje eu trabalho com a (Lomadee) os resultados são até satisfatórios, mas ouço muito falar da (zanox) qual das 2 você recomendarias?

        Reply
  51. Thiago

    Grande Byong, mais uma dica de qualidade.
    Parabéns pelas dicas e feedbacks com os seus leitores!
    Agora uma dúvida, a Webafiliados é mais uma plataforma de afiliados para produtos físicos como a Zanox e Lomadee?
    Outra coisa, também não tenho blog, site, etc, e sei que precisa para se cadastrar nessas plataformas, correto?
    Você acha que informar para essas plataformas de afiliados como a Zanox, que vai divulgar os produtos em Youtube, UolMais, etc, é legal?
    Como você falou que é melhor criar um site só pra constar o local de divulgação, aconselharia criar um pelo WordPress mesmo? É gratuito?
    Se sim, você sabe de algum tutorial legal sobre criação de sites, blogs, dessa forma?

    Abraço!

    Reply
  52. Joelson Danas

    Ola Byong, show de bola seu post.

    Eu estou atualmente pesquisando sobre afiliados de produtos físicos, também acho que é uma ótima forma de diversificar os ganhar com a internet.

    Esta muito concorrido vender produtos do hotmart, é como você disse o efeito boiada, fica todo mundo concentrado naquilo que esta na moda, o que acontece é que só quem esta estabelecido no mercado vende e quem esta começando só colhe o debito na fatura do cartão de credito, não é fácil viu.

    É impressão minha ou você só usa estratégias de SEO para divulgar este negócio? não usa anuncio patrocinado?

    Mais uma vez parabéns pelo ótimo post e sucesso.

    Abs

    Reply
  53. James

    Olá Byong,

    Na sua visão, qual a melhor plataforma de Afiliados para produtos físicos no Brasil? Lomadee, Zanox…

    E Existe algum curso especialmente para este mercado de afiliado? Com “Técnicas Matadoras”.

    Abs

    Reply
  54. Márcio Carvalho

    Olá Byong,

    Falando de mercado de afiliados e SEO, eu tenho uma dúvida:

    1) O fato de inserir o link de afiliado em seu blog (money site) implica em perder posições no ranqueamento do Google atualmente? Ou tanto faz?
    Se implica, existe um momento ou condição “certos” de colocá-lo?

    Obrigado pela oportunidade de falarmos.

    Reply
  55. Raul Ramos

    Olá Byong,

    Trocamos emails a pouco tempo e acabei esquecendo de lhe perguntar apenas uma dúvida bem pontual minha que algum tempo atrás li em algum artigo perdido na internet, que atualmente pesquisei mas não encontrei respostas satisfatórias.

    Em sua estratégia de criar mini-sites (que pretendo tb adotar) como vc faz para preservar seu nome, ou seja, esconder o nome e as informações do possuidor do domínio. Isso é algo importantíssimo e tenho muito receio de não ter uma resposta objetiva sobre o assunto antes de iniciar alguns testes na internet. Isso tem a ver com um serviço disponibilizado pela empresa de hospedagem?

    obrigado desde já com essa questão.

    Reply
  56. lucas souto

    Onde e como voce vende os produtos de afiliados? rede sociais? ou em pagina pessoal?

    Reply
  57. Miza Michel

    Olá Byong, achei muito interessante seu post e te parabenizo pela forma bem didática de expressar seus ensinamentos…
    Sou Novo no mundo de blogueiros e Web marketing, mas fico feliz com algo, tudo que vc mencionou estava sendo gerado diariamente em minha forma de trabalhar… Enfim… Quando vi seu post, vi que estava no caminho certo mesmo… Grande abraço e até mais!

    Reply
  58. Reginaldo

    Olá Byong. Parabéns pelo post!

    Uma pergunta: sites que começam com http:// também são aceitos no programa de afiliados?

    Reply
  59. Vannia

    Que bom que encontrei seu blog! Me descadastrei da lista de vários “gurus” do marketing digital por puro desgosto com o conteúdo oferecido. Estão todos falando sobre um único nicho e plataforma para fazer negócios como afiliado. Quase não há diferença entre eles. Escolha um e terá escolhido todos. Que bom saber que há outra vertente neste mundo de afiliados. Parabéns!

    Reply
  60. Marcelo Marques

    Olá Byong, tudo bem.

    Sem dúvida nenhuma é um dos melhores post que já li. Você me abril os olhos para um monte de coisas que eu não estava enxergando, com simplicidade e mostrando tudo de uma maneira que realmente faz as pessoas pararem pra pensar se estão ou irão fazer a coisa certa. Cara, por favor me avise quando o seu curso de SEO estiver pronto.

    Um grande abraço.

    Reply
  61. Guilherme Vieira da Silva

    Obrigado Byong por compartilhar suas experiências. Com relação às tantas listas a que nos submetemos para receber informações dos ditos “experts”, segui seu conselho e me descadastrei de mais de um dúzia delas (foi quase como tirar um macaco gordo das costas 🙂
    Qto às dicas de produtos físicos…é como vc falou. Só temos certeza de duas coisas na vida, que um dia vamos morrer, e que as contas não vão parar de chegar na sua casa rsrs. Então depender só do Hotmart é loucura total, visto que as únicas certezas que temos são as duas que mencionei. Você pensa fora da caixa, e são pessoas assim que devemos estar em contato constante. Mais uma vez obrigado!

    Reply
  62. Cláudio Corgozinho

    Olá Byong!
    Não conhecia o seu blog, mas vou passar a segui-lo a partir de agora. Excelente material e com uma visão bastante ampliada do marketing de afiliados. Parabéns pelo excelente trabalho que desenvolve no Mundo Y.

    Reply
  63. Danilo Moscardini

    Excelente Post!

    Realmente você citou um grande fato, que é a estratégia de marketing de afiliados repetitiva. Só de abrir meus E-mails eu já lido com 3 ou 4 produtos “Fantásticos e milagrosos” logo de cara. Isso é muito chato.

    Existem muitas alternativas de programas de afiliados que se forem trabalhados corretamente podem dar muito lucro. Até por que a maioria da concorrência só enxerga o Hotmart. Rsrsrs

    Abraços!

    Reply
  64. Robson

    Já ouvi uma música que dizia: aonde a vaca vai o boi vai atrás. Nós seguimos o efeito manada, sem saber que existe vida além do hotmart. Se a internet é um oceano, vamos continuamente navegar. Parabéns. Ótimo post!

    Reply
  65. Elcio Thenorio

    Acabo de me filiar no Hotmart, já escolhi o infoproduto que pretendo promover e estou fuçando todas as aulas que encontro para saber como dar o primeiro passo… Não sei se faço um perfil no FB, se crio um blog, se crio um canal no YT… sei lá, tô mais perdido do que barata em galinheiro. Mas esse post do Byong achei muito profissional. Me abriu os olhos para essa possibilidade subexplorada da venda de produtos físicos. Oxalá encontrasse um vídeo bom como este que me desse o caminho das pedras para por o pé na estrada. Hei de achar, mas tá embaçado… Parabéns ao autor.

    Reply
  66. NILCE

    ESTOU A UMA SEMANA LENDO SOBRE O ASSUNTO CADA DIA ME ENTERESSO MAIS ….
    MUITO BOM SEU ARTIGO..

    Reply
  67. VALMIR LEAL

    OI Byong ,estou começando agora, mandei construir um site profissional,ainda não está pronto, queiria saber como posso ter uma assessoria com você, pretendo trabalhar com cupom .

    Att: valmir

    Reply
  68. Geronimo Barbosa

    Amigo muito obrigado pelo seu trabalho na internet graças as dicas que voce da hoje ja tenho um negocio mais solido na internet longe de milhoes mais esta me deixando muito feliz e entusiasmado com os negocios que a internet pode proporcionar…
    Abraço

    Reply
  69. Edson Madeira

    Incrivel, não conhecia esse blog, mas vou passar a acompanhar.
    Realmente me inscrevi apouco tempo no Hotmart, e estou meio perdido por onde começar, que todo mundo fala a mesma coisa. Ja tentei dropshipping, montei até loja virtual, mas conseguir trafego que é dificil, essa foi uma ótima sacada… Vou atras desse mercado fisico, ja que estou desempregado, deposi de 12 anos numa unica empresa, ficamos perdidos rsss

    Reply
  70. Cristóbal

    Oi Byong! Muito bom artigo, objetivo e ao grão, direto e reto como se diz. Você está muito certo no que diz de que todos os iniciantes como afiliados, estamos centrados na promoção de produtos digitais do Hotmart, é bem certo, mas acredito que isto acontece porque iniciamos da mão de pessoas cuja trajetória profissional já vem afetada por eles terem começado justamente no Hotmart, tanto desde seus inicios como afiliados, quanto depois na produção dos seus cursos de formação, para os potenciais afiliados que de uma ou outra forma, acabamos de descobrir esse “mundo maravilhoso da poder ganhar dinheiro promovendo os produtos digitais do Hotmart.
    Esse é tal vez um começo que poderia ter sido diferente e muito mais abrangente, pois pensando em produtos físicos, a verdade é que simplesmente é questão de nos transladar mentalmente pras prateleiras de qualquer supermercado, ou lojas de qualquer shopping center…. La está tudo o que as pessoas consomem no seu dia a dia…
    Depois selecionar um ou outro produto pra promociona-lo, é somente questão de estudar os detalhes de rendibilidade, se é de consumo masivo ou não e coisas pelo estilo. Resumindo, coincido plenamente com você é que em qualquer tipo de empreendimento, existe essa regra de ouro que diz “nunca ponha todos os ovos na mesma cesta”, e quem nao a respeita tarde ou cedo acaba “entrando pelo cano” e as vezes nem bem bem por baixo do pano… Um grande abraço, e parabéns pelo post.

    Reply
  71. william

    Olá Até que enfim um artigo que me deu uma animada, pois sou afiliado americanas.com submarino e shoptime.
    mas sou iniciante na jornada ….mas pelo que pesquisei até o momento só acho conteúdo para vendas de cursos pelo hotmart e só tem isso nos canais .
    eu quero entrar de cabeça no ramo de produtos físicos em geral mas não sei qual a melhor forma para divulgar meus links, não sou bom para gravações de vídeos e por isso quero encontrar uma boa e nova forma de divulgação dos meus links. Já tentei pelo faceboock anunciando por grupos específicos, mas não deu certo kkkkkkk gostaria de alguma dica e saber onde posso adquirir conhecimento sobreo SEO

    Reply
  72. Rafael Pereira

    Olá Byong !

    Falou e disse meu amigo ! Compartilho das mesmas opiniões que você sobre as plataformas brasileiras e o HotMart. Ultimamente tenho mergulhado meus estudos no mercado de CPA Internacional que oferece uma diversidade maior de ofertas e valores de payout variados. Ingressei em algumas redes como a PeerFly, CPAlead, só que as ofertas para o Brasil são poucas e muito concorridas para um iniciante como eu se arriscar. Nessas pesquisas por ai topei com uma rede que se chama Afilliaxe que tem muitas ofertas para rodar no Brasil, entre aplicativos, dating, suplementos. Nunca tinha ouvido falar e gostaria de saber se você conhece esta rede. No mais parabéns pelo contéudo e estou assinando a sua lista neste momento.

    Abraço !

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *