Estar endividado não é nada engraçado!

By | July 27, 2012

Durante essa semana, li diversas notícias falando sobre o aumento no número de famílias endividadas no Brasil. Caso queira ler a matéria da revista Exame, clique aqui.

Infelizmente, a realidade mostra que a maior parte dos brasileiros ainda compromete uma parcela grande da renda pagando dívidas. Isso é algo muito preocupante, mas o que me deixa mais assustado e indignado é a postura das pessoas ao falarem sobre esse assunto.

Sempre quando vejo na TV um repórter entrevistando pedestres nas ruas para saber se estão endividados (e geralmente estão), ficam rindo como se fosse algo engraçado e, às vezes, admitem que possuem dívidas batendo no peito com orgulho.

Até pode ser que estejam envergonhados ou que queiram aparecer na TV, mas isso é um assunto sério e longe de ser motivo para risadas. Você iria sorrir dizendo que tem uma dívida de 5 vezes o seu salário e não tem como pagar? Se fosse eu, me desculpe o repórter, mas nem gostaria de dar uma entrevista.

O que me parece é que muitas pessoas encaram essa situação como se não fosse nada demais e deixam a vida lhes levar. Para que se preocupar com finanças pessoais se a vida é hoje, não é mesmo?

Essa é a mentalidade que insisto em dizer que precisa mudar! Eu fico revoltado com aqueles que ignoram ou justificam a condição financeira difícil dizendo: “O importante é que o Brasil é pentacampeão mundial de futebol”. Um país tão rico como o Brasil não pode mais sustentar o seu orgulho em conquistas que não mudam em nada a vida da maior parte da população.

Por isso, vejo como nosso dever conscientizar e mostrar às pessoas que, apesar de ser um tema difícil, aprender sobre finanças pessoais é essencial para qualquer um que queira ter uma vida financeira saudável e um futuro mais tranquilo.

Quem sabe um dia, ao invés de matérias sobre endividados, possamos ver reportagens sobre como os brasileiros viraram um dos povos mais ricos do mundo, tanto pelo lado financeiro quanto educacional.

 

PS: É importante esclarecer que ter dívidas não significa necessariamente que esteja inadimplente (ou que tenha contas atrasadas).

 

Foto: FreeDigitalPhotos.net

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *