Ganhei na loteria! E agora?

By | March 15, 2012

O prêmio da loteria não é infinito e, se mal administrado, pode acabar mais rápido do que você imagina.

Primeiramente, se você ganhou na loteria, parabéns! Milhões de pessoas gostariam de estar na sua pele. Caso contrário, também leia este post para, quando a sorte bater na sua porta, não repetir os mesmos erros de ganhadores que perderam toda a fortuna.

Gostaria apenas de esclarecer que quando digo “ganhador de loteria”, me refiro a pessoas que receberam alguns milhares ou milhões de reais. Eu mesmo já ganhei um prêmio, mas foram R$5 na Lotofácil, ou seja, nada mudou na minha vida e não me incluo nesse seleto grupo de sortudos.

Não deve ser nada fácil controlar as emoções quando se vê tantos números na conta bancária e é exatamente aí que mora o perigo. Muitos ganhadores de loteria acreditam, cegamente, que o dinheiro nunca irá acabar e deixam a racionalidade de lado para realizar todos os sonhos que tinham, sem pensar nas consequências.

Um tempo atrás, vi uma reportagem na TV mostrando o caso de um homem que havia ganhado um prêmio multimilionário e em menos de 6 anos, já não lhe sobrava mais nada. Fiquei espantado com as atitudes que o fizeram perder tudo: ele morou por mais de 1 ano em uma suíte presidencial com todas as mordomias que o hotel oferecia, não lavava roupa, simplesmente jogava fora e comprava roupas novas; comia apenas nos melhores restaurantes e, algumas vezes, pagava a conta de todos que estavam no local, alugava um jatinho particular para assistir partidas de futebol com os amigos em outros estados, entre outras extravagâncias. Hoje, ele trabalha como ajudante geral em um boteco.

O que mais me chocou nessa história toda é que a repórter perguntou se ele se arrependia de ter desperdiçado tanto dinheiro, pois se tivesse administrado melhor, hoje não teria que depender do trabalho atual para se sustentar. A resposta dele foi direta: “Não me arrependo e faria tudo de novo”.

Infelizmente, essa é a mentalidade de uma grande parte da população brasileira em que viver o hoje é muito mais importante do que planejar o futuro. E quando este futuro, dito distante, chega, a única opção que resta é trabalhar tanto quanto décadas atrás para pagar as contas.

Para evitar isso, se eduque financeiramente e/ou procure um planejador financeiro para que ambos possam analisar as melhores formas de administrar este dinheiro. E o mais importante: controle as suas emoções! De nada adianta ter bastante conhecimento e a ajuda de um especialista se as suas emoções se sobrepõem à razão e o fazem tomar decisões que podem causar grandes prejuízos no futuro. Eu falo em tom de brincadeira que o ganhador de loteria deveria tomar um sonífero para acordar somente no dia seguinte e pensar com mais calma antes de fazer qualquer coisa (rs).

Para os menos pacientes que não querem a ajuda de um profissional nem aprender a administrar melhor o dinheiro, a minha sugestão é: ganhou na loteria? Coloque 90% do prêmio na poupança e deixe rendendo todo mês. Com o restante, seja feliz: viaje, compre roupas, coma em bons restaurantes, doe a quem necessita etc. Assim, é muito mais provável que você irá aproveitar o presente sem comprometer um futuro mais tranquilo.

 

Foto: Dreamstime

 

 

One thought on “Ganhei na loteria! E agora?

  1. Aline Higa

    Tem o ditado que funciona perfeitamente a esse caso:
    Nao adianta dar pérolas aos porcos.

    Ajuda fnanceira sim, mas confiável. E qto mais ele aprender sobre educaçao financeira, menor a probabilidade de ser roubado.
    pois já vi muitos casos de empresas gdes falir, e pessoas quebrarem, por roubo de gerentes, funcionarios e advogado.
    Como diz o ditado: O olho do dono que engorda o boi !!

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *