O problema que tive com a Editora Globo

By | August 15, 2012

No artigo Como não cair em papo de vendedor, mostrei alguns cuidados que devemos ter ao conversar com vendedores, pois muitos querem simplesmente empurrar produtos sem ao menos entender as nossas necessidades. Mesmo tomando todos os cuidados, acabei sendo vítima de uma venda indevida (para não falar enganação).

Há algumas semanas, recebi a ligação de um representante da Editora Globo dizendo que havia uma campanha promocional aos clientes que completaram um ano de assinatura. A promoção consistia em “premiar” esses clientes com mais duas revistas.

Como sempre fui desconfiado com essas ofertas, perguntei se não haveria custos adicionais à minha assinatura atual e enfatizei por três vezes que aceitaria somente se não tivesse que pagar a mais, pois não eram revistas do meu interesse. O representante confirmou que não.

No mês seguinte, verifiquei a fatura do meu cartão de crédito e percebi que estavam me cobrando por todas as assinaturas! Imediatamente, enviei um email explicando o ocorrido e pedi uma solução urgente.

No outro dia, recebi uma resposta dizendo que haviam solicitado o estorno dos valores debitados e o cancelamento das revistas. Assim que receber o valor devido, atualizo este post.

Depois de passar por uma situação desagradável como essa, acho que é importante ressaltar alguns cuidados essenciais que você deve ter antes de comprar algo:

1. Nunca compre no primeiro contato

No artigo Como não cair em papo de vendedor, falei que as compras feitas logo no primeiro contato (na maioria, por impulso) quase sempre resultam em maus negócios.

Mesmo tomando todos os cuidados, ainda assim fui vítima de um vendedor inescrupuloso. Por isso, sempre desconfie das “ofertas imperdíveis” e NUNCA compre em uma promoção oferecida pelo telefone.

2. Sempre verifique tudo o que lhe cobram

É comum encontrar pessoas que não tem o hábito de checar todos os detalhes da fatura do cartão de crédito ou mesmo da conta do restaurante.

Por diversas vezes, evitei pagamentos desnecessários com esse pequeno cuidado, principalmente em restaurantes. São apenas 10 minutos que fazem muita diferença!

Portanto, seja cuidadoso e sempre verifique se você está pagando o que realmente deve.

3. Tenha uma postura mais ativa quando se trata do seu dinheiro

Esse é um dos pontos mais importantes que eu menciono no artigo 5 pecados financeiros que você deve evitar: Se você trabalha duro para ganhar o seu dinheiro, cada centavo deve ser valorizado.

O que eu vejo é que, por mera preguiça, muitas pessoas não fazem nada em situações parecidas com a que eu passei e acabam aceitando cobranças indevidas.

A minha atitude evitou que eu gastasse mais de R$400 à toa. Por isso, seja mais ativo quando se sentir lesado e faça valer os seus direitos, mas sem perder a razão.

 

Foto: FreeDigitalPhotos.net

 

2 thoughts on “O problema que tive com a Editora Globo

  1. Fabiano

    Você pode ir mais além: De acordo com o código de defesa do consumidor, toda cobrança indevida deve ser reembolsada em DOBRO! Se a revolta for muito grande, quando você receber essas “super” ofertas, anote o nome do vendedor e horário da ligação. Na hora de reclamar, aponte o culpado para, quem sabe, no longo prazo, haver menos destas pessoas inescrupulosas..

    Reply
  2. Warleii

    Nos aeroportos e supermercados, também tem estas “super-ofertas”, onde eles induzem as pessoas a pegar brindes mediante o cadastro do CPF e Cartão de Crédito, ganhando uma edição antiga de quaquer revista disponível, mas em seguida enviam a resvista e registram uma assinatura anual. Meu pai foi vítima deste “Pega-Trouxa” e para conseguir concelar as conbranças foram 6 meses de telefonemas e e-mails uma situação bastante estressante. Vamos ficar atentos pois todo dia um esperto sai de casa a procura de um trouxa para cair em suas pegadinhas.
    Valeu o alerta do seu post.
    Abraços
    Warleii

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *