O que os jovens buscam nas empresas?

By | June 17, 2012

Diversas reportagens revelam a dificuldade que as empresas tem enfrentado para atrair e reter essa nova força de trabalho, a dita Geração Y.

No artigo Como reter jovens talentos?, abordei alguns pontos que considero importantes para ter uma relação mais duradoura com eles. Porém, é necessário uma reflexão mais abrangente para entender o que os jovens procuram em uma empresa.

Veja abaixo a minha visão sobre o assunto:

1. Ambiente colaborativo e não um campo de guerra

Quando se trabalha em uma empresa, principalmente de grande porte, é natural que um projeto envolva muitas áreas e pessoas diferentes, o que torna o trabalho ainda mais complexo.

A minha percepção é que há diversas situações em que o colaborativismo é deixado de lado e o que se vê é um verdadeiro campo de guerra entre as áreas. É incrível como se gasta tempo e esforço da equipe inteira para levantar todas as evidências que provem que a outra área é que está atrasando o projeto.

É importante sim identificar as melhorias necessárias na empresa e endereçá-las aos responsáveis, mas a forma como isso é feito, geralmente com troca de farpas e empurra-empurra de problemas, não é nada agradável.

Eu, pessoalmente, acredito que o companheirismo e a coletividade permitem realizar muito mais projetos de forma sustentável do que o clima de guerra que se cria dentro da própria empresa.

2. Relação menos hierarquizada

A filosofia do “Manda quem pode, obedece quem tem juízo” não se encaixa no contexto atual e, cada vez mais, os jovens repudiam a robotização dos relacionamentos profissionais.

Eles valorizam a abertura para colocar as suas opiniões, mesmo que sejam contrárias ao do chefe ou de outro executivo. É claro que, neste caso, é necessário defender a posição com bons argumentos.

Um ambiente em que as pessoas tem medo de se expressar com sinceridade porque contrariar a opinião do alto escalão é mal visto e passível de avaliações negativas, certamente não é o que os jovens buscam em uma empresa.

3. Trabalho que faça sentido na vida

O jovem profissional sempre busca um sentido naquilo que faz e quer saber como o seu trabalho contribui para a estratégia da empresa. Para alguns, o trabalho faz sentido enquanto estiverem aprendendo algo novo, para outros é mais importante enxergarem o impacto positivo no meio ambiente ou na sociedade.

A falta de sentido no trabalho combinado com a rotina é o que transforma a motivação em frustração. Sendo assim, é fundamental que o gestor conheça muito bem as individualidades de cada membro da equipe, não se limitando apenas ao âmbito profissional, para aproveitar todo o talento que o jovem possui.

4. Reconhecimento no tempo e na medida certa

Esse é um ponto que já abordei no artigo Como reter jovens talentos?, mas é algo tão importante que merece ser citado novamente.

Receber reconhecimento em doses homeopáticas é algo que afugenta a maior parte dos jovens. Em um mundo cada vez mais dinâmico em que se exige mais competências e resultados dos profissionais, é natural que eles também queiram que o reconhecimento venha na mesma proporção e velocidade.

Métodos tradicionais de retenção que funcionaram décadas atrás não necessariamente tem a mesma efetividade nos talentos de hoje. O mundo mudou e os valores também mudaram.

Por isso, as empresas precisam se ajustar à nova realidade e encontrar o ponto de equilíbrio que satisfaça os dois lados.

 

Foto: FreeDigitalPhotos.net

 

4 thoughts on “O que os jovens buscam nas empresas?

  1. Tali Alkalay Brenman

    Adorei seu blog. Parabéns pela iniciativa de compartilhar suas experiências e percepções sobre o seu inicio de carreira.

    Reply
    1. Byong Kang

      Oi Tali!

      Obrigado pelo comentário! Cada vez mais vejo que as minhas percepções são compartilhadas por outras pessoas.

      Bjos!

      Reply
  2. Dandara Félix

    Olá Byong, estou frequentemente lendo seus artigos. Muitos me ajudarão nos processos seletivos de trainee que estou participando, além das informaçõs variadas que você posta e sugere que também estão sendo novas descobertas pra mim. Parabéns, você escreve muito bem!!

    Reply
    1. Byong Kang

      Oi Dandara!

      Que bom que está gostando e obrigado pelo elogio! =)
      Acredita que nunca fui bem em Redação? hahaha

      Bjos!

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *