O teste de SEO que não deu certo

By | June 26, 2014

Muitas pessoas devem ter notado que o Mundo Y caiu bastante no Google e praticamente sumiu da primeira e até da segunda página. Para algumas keywords, fui enterrado na terra dos mortos e cheguei a despencar mais de 60 posições!

Sabia que seria penalizado

Quem estava olhando de fora imaginou que eu havia sido penalizado, afinal, por qual outro motivo o blog sofreria tamanha queda?

Tenho que admitir que os gráficos são assustadores:

Ranking 1

Ranking 2

Nota: Haja estômago para olhar isso e não se desesperar! hehe. 

Recebi diversas mensagens e emails questionando essa queda e houve até casos em que me perguntaram se eu utilizava estratégias black hat para posicionar o blog e se isso tinha causado a penalização ( 😛 ).

As dúvidas eram sim pertinentes, mas este é um ótimo exemplo de que, muitas vezes, as aparências enganam (ainda mais no nicho de internet marketing).

Apesar de todas as evidências fazerem você acreditar que o Mundo Y havia sido penalizado, a verdade é que, nos bastidores, eu estava fazendo um teste de SEO no próprio blog e monitorando os resultados.

Na fan page do Mundo Y, adiantei que essa queda não tinha nenhuma relação com uma possível punição do Google.

 

O que me levou a fazer esse teste

Todas as pessoas que atuam no nicho de internet marketing tem o desejo de rankear bem no Google para as keywords “como ganhar dinheiro na internet”, “como ganhar dinheiro” etc. Isso não é nenhuma novidade.

Se você me acompanha há algum tempo, deve saber que, até o mês passado, eu já estava nas 10 primeiras posições para essas keywords.

Porém, para mim isso não era o suficiente. Eu não queria estar apenas entre os Top 10, queria ser o Top 1.

Alguns podem encarar esse tipo de pensamento como ganância, mas o fato é que a pior coisa que pode acontecer a um empreendedor é se contentar com um determinado resultado e se acomodar.

Comodismo não combina com empreendedorismo. 

Se você não acorda todos os dias querendo fazer mais e melhor, provavelmente, o empreendedorismo não se encaixa no seu perfil.

Em resumo, o motivo de ter “sacrificado” o Mundo Y durante esses 30 dias de teste foi para tentar consolidar o blog na 1º posição do Google.

 

A verdade por trás da queda

Os mais atentos devem ter reparado a mudança na forma como o blog era mostrado nos resultados da busca. Veja as imagens abaixo para efeito de comparação:

Antes do teste (atualmente, está dessa maneira porque desfiz as alterações):

SERP 1

 

Durante o teste:

SERP 2

Logo no início, quando transformei o Mundo Y em um blog sobre marketing digital, tomei a decisão (errada) de rankear a Home (página principal) para as keywords do meu interesse.

A primeira imagem mostra como os visitantes me encontravam ao digitar no Google “como ganhar dinheiro na internet”. Estive fazendo SEO ao longo do tempo para aparecer dessa maneira na busca.

Por que acho que foi uma decisão errada?

Porque rankear a Home significa perder uma variável importante que faz diferença no trabalho de SEO: a keyword na URL.

Caso não saiba, a URL é o endereço do site que aparece no navegador. A URL da Home é http://mundoy.com.br e a URL do meu último artigo sobre o Google Adsense é http://mundoy.com.br/google-adsense.

Dentre as centenas de fatores que dizem por aí que o Google utiliza para rankear um site (99% deles são pura besteira como, por exemplo, aumentar a velocidade do site, ter várias curtidas no Facebook etc), existem 3 elementos que realmente tem algum peso mais significativo no posicionamento: título, URL e descrição.

Não me entenda mal, é claro que isto, por si só, não é o suficiente para rankear bem, mas é uma boa base para começar o trabalho de SEO. Fazendo uma analogia, seria o mesmo que preparar corretamente a terra antes de começar o plantio.

Plantio

No caso do Mundo Y, tive a impressão de que a falta da URL otimizada estava afetando negativamente o posicionamento e resolvi mudar a minha estratégia:

1- Tirei a página estática da Home e deixei no modelo padrão de um blog, mostrando as últimas postagens;

2- Tudo aquilo que eu tinha controle (alguns backlinks, linkagem interna no blog etc), transferi da Home para a página que queria rankear: http://mundoy.com.br/como-ganhar-dinheiro-na-internet/.

A minha expectativa era que a autoridade do domínio mundoy.com.br fosse transferida para esta página, fazendo com que ela rankeasse para as keywords, e não mais a Home. Dessa maneira, eu teria uma URL otimizada para trabalhar daqui em diante.

Todo o processo começou um pouco antes de ir ao evento Afiliados Brasil e, por isso, a queda mais relevante teve início no final de Maio e começo de Junho.

Lembre-se que os resultados de SEO levam um tempo para se refletir no Google, ou seja, o trabalho de hoje causará algum efeito daqui a alguns dias, sendo que geralmente leva mais de 1 ou 2 semanas (não existe um padrão).

 

O que observei neste teste

A queda já era esperada porque a Home havia perdido autoridade (com a transferência de links que eu tinha controle) e relevância (o meu título nem tinha a keyword principal ou derivados dela), então não me assustei com isso.

Porém, um detalhe que notei é que a página interna que queria rankear não aparecia de jeito nenhum na busca e o Google teimava em considerar a Home como o resultado mais relevante, mesmo depois de 30 dias da mudança (veja na segunda imagem acima que o Google mostrava na minha descrição alguns trechos de artigos relevantes ao tema).

Coincidência ou não, mas um “efeito colateral” foi que as minhas outras postagens que estavam bem rankeadas começaram a cair também como, por exemplo, o artigo sobre o Top Afiliado, Hotmart etc.

Em resumo, não só perdi o tráfego da keyword principal, mas também de várias outras fontes que também eram interessantes. 🙁

(Ainda bem que não dependo do blog para ganhar dinheiro, senão estaria ferrado! heheh)

No final, decidi parar de “brincar” com um site tão importante quanto o Mundo Y e reverti todas as alterações porque não parecia que a situação mudaria no curto ou médio prazo.

A Home voltou a ser uma página estática com a minha foto de Orlando e, aparentemente, as coisas estão se normalizando:

Ranking 3

Ranking 4

Em breve, estarei novamente no lugar que me pertence! 😉

 

Lições importantes

Não vou encher a sua cabeça de achismos baseado no que aconteceu com um único site em um prazo de 30 dias. Para ser sincero, isso é uma amostragem irrelevante para tirar qualquer conclusão mais precisa.

O que vou dizer aqui são coisas que eu já venho fazendo nos meus outros sites depois de várias experiências e que tem se mostrado bastante eficientes no bom posicionamento.

1- Evite utilizar a Home para se posicionar no Google

É muito melhor rankear para a sua keyword principal utilizando uma página ou post (não faz diferença) porque você terá controle sobre mais uma variável, que é a URL.

Basta pensar como se fosse mais uma munição na sua arma. Você pode vencer uma batalha com 2 balas na arma, mas quem tiver 3 terá uma ligeira vantagem.

Caso esteja na mesma situação que eu, ou seja, a Home já tem um histórico de SEO, dê preferência à uma página estática porque, dessa maneira, é mais fácil trabalhar o On-Page SEO.

 

2- Fique atento à linkagem interna 

Existe um conceito chamado link juice que traduzindo seria algo como fluxo de links. Basta imaginar o seu site como uma rede elétrica e os links são a eletricidade passando por ela.

– Se todos os pontos estiverem interligados, a energia passará de maneira igualitária e todo o conjunto será beneficiado;

– Se houver pontos desconectados, haverá desperdício de energia;

– Se todos os pontos linkarem para uma único lugar, a energia lá será maior.

Quando eu disse que havia alterado a linkagem interna do blog, o que quis dizer é que, em algum momento, todo o fluxo de links era “jogado” para a página principal que queria rankear.

O objetivo era maximizar o efeito dessa “corrente elétrica” (link juice) em um ponto específico (no caso, a página que queria rankear) e potencializar a energia. Parece aula de Física, mas a lógica é exatamente esta!

É importante esclarecer que não existe a “melhor linkagem interna”, a estrutura irá depender dos seus objetivos com o site, concorrência da keyword etc.

O que não pode acontecer é ter pontos desconectados desperdiçando energia.

Observação: Este é um dos erros mais comuns da maioria quando o assunto é On-Page SEO.

 

 

Imagem: freedigitalphotos.net

 

Author: Byong Kang

Engenheiro químico fajuto, ex-bancário estressado e atual empreendedor digital vivendo o estilo de vida que sempre quis!

54 thoughts on “O teste de SEO que não deu certo

  1. Natalino S Sakata

    Olá Byong, eu estou começando neste negócio de Marketing digital. recentemente criei blog e site por curiosidade. e para minha surpresa depois de alguns dias na busca do mgoogle eu sempre saio na primeira página, ou em 3º ou 4º lugar da lista, quando busco sobre o assunto do meus blogs. você poderia falar alguma coisa a respeito. devido a minha colocação. sou seu fã. entendeu. obrigado se puder falar algo. como sou iniciante sou quase totalmente leigo. Obrigado.

      1. Byong Kang Post author

        Olá Natalino!

        Procurei aqui e não achei o seu blog nas primeiras posições. O ideal é que você faça a busca no Google em uma aba anônima (existe esta opção no Chrome) porque o Google personaliza os resultados de uma busca de acordo com o seu histórico de navegação.

        Provavelmente, como você visita bastante o seu blog, ele colocou nas primeiras posições somente p/ você, mas as outras pessoas não enxergam o mesmo.

        Abraço!

  2. ari

    show estou aguardando o curso de SEO para antes de Dezembro Mestre os mestres do tráfego.
    abs.

  3. Patrick Bonometti

    Olá Byong, Parabéns pelo artigo!

    Certa vez ouvi uma frase: “para ganhar, temos que está dispostos a perder”.

    No trabalho do SEO é comum ocorrer de fazermos testes e obtermos tanto resultados positivos como negativos. E concordo com você, é importante sair do comodismo.

    É a primeira vez que paro para ler um artigo seu e achei interessante. Parabéns pela transferência de demonstrar os resultados do blog aos leitores.

    E qual aplicativo utiliza para rankear as keywords?

    1. Byong Kang Post author

      Olá Patrick!

      Acho que você quis dizer o aplicativo que uso para monitorar as posições neh?

      Eu uso o SerpFox. Está na aba de ferramentas do blog.

      Abraço!

  4. Jean Pierre Malaquias

    Olá, mais uma vez parabéns pelo seu post e sua humildade em demonstrar os resultados de uma experiência mal sucedida, e é assim que as coisas tem de ser mesmo. Estou com uma dúvida e queria seu prezado esclarecimento,
    outro dia vi num comentário de um post de page FB de um guru do marketing digital a afirmação que 95% das pessoas que compram cursos para aprender a ganhar dinheiro pela internet, DESISTEM!!!! Gostaria de saber se você considera essa taxa correta? Os motivos já sabemos quais são, falta de empenho e incapacidade de assimilar tantas informações técnica e a necessidade de ter muitas habilidades! Abraço!

    Voçê concorda com a taxa de 95% de desistências?

    1. Byong Kang Post author

      Olá Jean!

      O valor em si (95%) é apenas p/ demonstrar que a vasta maioria desiste e nunca consegue ganhar nada significativo. Sim, eu concordo totalmente!

      Existem vários motivos, desde a pessoa que desiste na primeira barreira até a perda de tempo seguindo as pessoas erradas.

      A dica que eu sempre dou é: Concentre-se os seus esforços em uma única estratégia e persista até ter resultados. E para escolher essa estratégia, é preciso se conhecer e avaliar as suas habilidades.

      Eu falei sobre isso neste artigo: http://mundoy.com.br/5-coisas-que-parei-de-fazer-para-criar-um-negocio-digital-rentavel/

      Abraço!

  5. Natanael

    Byong, não sei se entendi, mas esse teste significa que você terá uma desvantagem eterna pelo fato da sua URL da home não conter a frase “como ganhar dinheiro na internet”? Porque mesmo que você crie uma página interna trabalhando essa frase, vai estar “desperdiçando” a oportunidade de tê-la na página principal (maior relevância para o google), certo?
    Em outras palavras, seria melhor que o nome do site fosse http://www.comoganhardinheironainternety.com.br do que http://www.mundoy.com.br (analisando unicamente o rankeamento para essa keyword específica)?

    Achei sua conclusão final (lição número 1) um pouco contradizente com o seu teste, afinal a tentativa de rankear uma página interna não deu certo (rankear a home estava melhor). Você disse isso pois em outros sites essa estratégia funcionou? Nesse caso, por que eles deram certo e o mundo y não? Você acredita que no longo prazo iria funcionar, mas preferiu não arriscar?

    Peço que me ajude nessas dúvidas porque fiquei meio confuso. Abraços!

    1. Byong Kang Post author

      Olá Natanael!

      Sim, se você tiver a keyword na sua URL, é um ponto a mais que você pode trabalhar e se beneficiar. Agora, não estou dizendo que o site que tiver a keyword na URL irá necessariamente rankear melhor do que aquele que não tem. Isto é apenas um fator que contribui.

      No seu exemplo, esse domínio feio (hehe) teria sim uma ligeira vantagem inicial, porém ele também está mais suscetível à uma possível penalização por excesso de otimização. No passado, muitas pessoas utilizavamm isso porque sabiam que o Google dava um peso grande p/ EMD (Exact Match Domain) ou PMD (Partial Match Domain), mas hoje esse peso é muito menor.

      Eu prefiro um domínio genérico porque abre espaço p/ ser um pouco mais “agressivo” no SEO do que um EMD ou PMD, além de criar uma marca pessoal.

      No caso deste blog, o que ocorreu é que todo o histórico de SEO foi muito concentrado na Home e, por causa disso, foi difícil fazer o Google entender que eu não queria mais rankear a Home, e sim a página interna.

      Dessa maneira, quando fiz as alterações (que envolviam transferir a autoridade da Home para a página interna), a única coisa que aconteceu foi a queda de posições da Home e nenhum sinal da página interna rankear. A minha hipótese é que o domínio ganhou tanta relevância para esta keyword que o Google não queria rankear a página interna.

      Por isso, neste caso, a tentativa foi frustrada, mas isso é devido ao histórico do blog e do domínio mundoy.com.br. Se fosse um domínio novo, aí sim acredito que não teria problemas.

      Eu recomendo que utilizem um post/página para rankear porque nos meus outros sites, vejo que o trabalho é muito mais fácil e flexível. Quando você tem 1 domínio de alta autoridade com links variados, é mais difícil sofrer uma penalização e bastará apenas um site p/ você rankear p/ diferentes keywords.

      Espero ter esclarecido!

      Abraço!

  6. Luciano Alves

    Olá Byong,

    Tenho estudado sobre Internet Marketing e SEO e sempre te acompanho aqui no blog.

    Sei que voce possui alguns mini sites bem ranqueados e gerando uma boa renda. Com relação a este trabalho, há diferença em tentar rankear um mini site de nicho de 3 páginas e um blog ou site com várias páginas ? O fato de ter 3 páginas é um fator negativo para o google ?

    Desde já agredeço sua atenção.
    Abraço.

    1. Byong Kang Post author

      Olá Luciano!

      Não, não faz a menor diferença! Existem até sites de 1 página bem rankeados! heheh

      Abraço!

  7. Gabriel Wohlfart

    Olá Byong, tudo bem?
    Faz algum tempo que acompanho seu blog posso afirmar que estou apreendendo muito.
    Conheço sua estratégia de SEO e posso afirmar que não tinha nem sequer imaginado algo assim antes de conhecer seu blog.

    Quando notei que seu blog estava caindo logo percebi a mudança no titulo e pensei, agora ele vai rankear para (marketing Digital).

    Percebi que não era esse o objetivo, já que não tinha mais indicios que você estaria fazendo isso e sabia que não tinha sido penalizado por que os outros sites que você usa a mesma estratégia continuaram entre os mesmos (primeiros) resultados.

    Agora ficou claro para mim qual era seu objetivo.
    Parabéns pelo seu trabalho, está exelente.

    Vou começar a usar a mesma estratégia que você, pois sei que é sem dúvida nenhuma a melhor de todas.
    Apenas no presente momento não tenho condições de aplicar tudo que se torna necessário.
    Em breve nos vemos na primeira página.

    Abraço e obrigado.
    Att: Gabriel Wohlfart.

    1. Byong Kang Post author

      Obrigado pelos comentários Gabriel! Nos vemos na 1º página do Google! 😉

  8. David

    Oi Byong!

    Considerando que um blog
    – está no ar há alguns dias / poucos meses,
    – não possui autoridade (possui poucos e genéricos backlinks),
    – possui o título, breve descrição e link dos posts na home (da mesma forma que vc havia alterado aqui no Mundo Y) e
    – deseja rankear um dos seus posts para a keyword como beber cerveja.

    Seria melhor ele possuir backlinks para a home ou para o post?

    Considere que
    – os textos-âncora dos backlinks possuirão as palavras como beber cerveja e
    – o post possui um link para a home.

    Abraço!

    1. Byong Kang Post author

      Fala David!

      O ideal é ter backlinks para os 2, tanto a Home quanto para o post.

      Na Home, os links devem refletir a sua marca, podendo ser apenas a URL, nome do blog etc.
      No post, os links podem ser a keyword exata ou variantes como “como beber cerveja rapido”, “como beber cerveja rapidamente” etc. Se forem poucos links, você pode repetir exatamente a keyword 2 ou 3 vezes. Agora, evite criar 50 links exatamente com a keyword porque aí você estará sujeito à penalização por excesso de otimização

      Abraço!

  9. Geraldo

    Olá Byong!
    Parabéns pelo artigo!!! Eu havia percebido mesmo a mudança da página inicial de seu site que estava com estilo de blog, mostrando as últimas postagens e achei que era uma alteração definitiva e não um teste, até tinha ficado com a pulga atrás da orelha, pois sigo este modelo em alguns minisites, mas agora está explicado. No caso dos meus minisites eu acredito que o ideal é manter a autoridade na home pois o domínio é a própria keyword e as demais páginas são páginas de suporte passando o link juice para home.

    Grande abraço!
    Geraldo

    1. Byong Kang Post author

      Olá Geraldo!

      É exatamente isso que acontecia bastante há alguns anos. A maior parte das pessoas queriam rankear a Home porque tinham um domínio com a keyword.

      Eu não gosto muito porque é mais fácil ser penalizado por excesso de otimização, mas ainda tenho uns sites assim…hehe.

      Abraço!

  10. Élida

    Você não utiliza as Ferramentas Para Webmasters do Google?

    Há alguma ferramenta completamente gratuita para monitorar o posicionamento nos mecanismos de busca?

    1. Byong Kang Post author

      Olá Élida!

      Nem sei mexer nessa ferramenta…huahuah! Para mim, é dispensável e não afeta em nada o meu trabalho.

      Eu uso o SerpFox que é gratuito até 10 keywords. Depois disso, é preciso pagar. Para quem quer monitorar poucas palavras, será o suficiente. Veja na minha aba de ferramentas!

      Abraço!

  11. Gustavo Viegas

    Experiência bastante interessante! Possuo vários sites e alguns deles muito bem ranqueados… não falo para me gabar, mas com o intuito de compartilhar experiência.
    Concordo que a URL é um fator importante, como foi pontuado pelo Byong, ressaltando os 3 principais elementos (título, URL e descrição). Porém, para quem usa navegação estrutural (breadcrumb), a URL por si só pode ser de menor peso, visto que ela nem aparece nas buscas (ao menos aos olhos humanos), por isso digo que pode ser de menor peso, não é possível desprezá-la, visto que o Google mesmo não mostrando ela no buscador, pode estar levando ela em consideração. Então no caso de estar usando navegação estrutural é importante descrever corretamente as categorias, tags, e taxonomias personalizadas, colocando as keywords corretas (é claro que sem black hat).
    Venho utilizando navegação estrutural em muitos dos meus sites e o Google realmente parece ter valorizado sites que tem implementado esse recurso, pois obtive uma incrível melhora [o que é para uns pode não ser para outros, lembre-se (as aparências enganam)].
    Outro fator, que para mim teve uma melhora significativa foi quando passei todos os meus sites para um VPS de alto desempenho, com otimização dos arquivos .css, eliminação dos scripts .js desnecessários… juntamente com um plugin para o cache… (Essa foi a melhora mais visível que obtive, termino pontuando que na minha opinião, a velocidade do site tem um peso considerável).

    1. Byong Kang Post author

      Olá Gustavo!

      Obrigado por compartilhar a sua experiência! É sempre bom ouvir outras opiniões.

      Eu, pessoalmente, sou muito cético quando dizem que a velocidade do site melhorou o posicionamento por um motivo simples: a única maneira de ter certeza que este foi o fator determinante para subir no Google seria “congelar” a influência de todos os outros fatores (principalmente, a criação de backlinks) e medir os resultados.

      É mais fácil testar a influência dos links (porque os outros fatores podem ser “congelados”) do que a influência da velocidade do site. Eu não me preocupo, mas vai saber…é por isso que SEO gera tanta especulação e é importante sempre testar!

      Abraço!

  12. João Lucas

    Byong,
    Quando você comenta sobre os 3 fatores que tem peso no posicionamento, cita a descrição como um deles. Já li em diversas fontes que a descrição não tem peso no posicionamento, apenas torna o seu site mais atrativo os usuários. Ou seja, a descrição não teria uma relação direta com o rankeamento de um site, mas sim indiretamente acaba atraindo mais usuários, diminui taxa rejeição do site, etc.

    Gostaria que comentasse sobre isso…

    1. Byong Kang Post author

      Olá João!

      SEO é o assunto que gera mais especulação porque NINGUÉM sabe tudo sobre o algoritmo.

      Existem pessoas que leem as informações de outras fontes, acreditam e repetem, e existem outras que fazem testes e tiram as próprias conclusões.

      Não sei qual é o peso da descrição no posicionamento, mas a minha opinião é que ele faz sim diferença na forma como o Google olha a relevância do site para um determinado assunto. Não estou falando só por mim, mas digo baseado em diversos outros casos que eu acompanho.

      Abraço!

  13. denilson

    Uma verdadeira aula de SEO que não vi em nenhum curso pago que eu tenha feito. Você realmente, conhece o assunto, parabéns, mais uma vez.
    O seu blog, representa uma importante fonte de conhecimentos para SEO em português.

  14. luks

    Olá Byong gostei muito do teu site , ele é muito FODA!! 😉
    Eu dedico meu tempo mais na plataforma do Youtube , só que já estou cançado de tanto colocar video e eles não converterem .
    Se você poder fazer um post sobre SEO para Youtube ficaria muito feliz !!!
    Só se vc já tenha feito eu eu não vi !! hehe , sou novo aqui 😉

  15. Carlos Henrique

    Byong,
    Estou seguindo-o e aprendendo com cada post seu por aqui e no facebook.
    Você teve e é louvável ser transparente com testes e resultados, sejam positivos ou negativos.
    Parabéns e continue em frente.
    Ainda chego lá!
    Tenho aprendido muito com você.

  16. Luciano De Valle

    Byong seu blog é muito bom e estou no aguardo do mundo y vip, mas queria fazer um apelo, eu sei que voce pode (e consegue) ganhar mais que 5 digitos mensais, entao meu apelo é para o mundo y vip, que nao seja um curso de mais de 4 digitos para seus reais seguidores, pois nao sao todos que podem desembolsar 1000$ pra comprar um curso, tenho filho com C.a. Terminal e nao posso me dispor a utilizar isso, oque peço é que lançasse o curso por um dia por um valor acessivel a todos, assim a confiança que você irá dar ao seus seguidores sera recompensada como um nome real para internet marketing brasileiro, e isso está em falta por aqui, por favor repensse sobre o preço eu quero muito aprender a rankear, e se eu chegar no topo, muitos saberao quem foi o mentor deles

  17. Douglas Moraes

    Super Byong, eu sabia que você estava aprontando alguma coisa, tenho acompanhado o seu blog desde quando o conheci, eu até percebi uns três dias antes de você ter mudado a descrição do blog, que o mesmo havia despencado. Acredito que as alterações internas você já havia feito.
    Cara, só tenho uma coisa a te dizer, você é um cara de sucesso, você arrisca… Estes são os que mais acertam, pois aprendem com os próprios erros.
    Parabéns amigo, sucesso sempre!

  18. Newton Almeida

    Byong Kang, não faça isso ! Conheço um empresário aqui da aprazível cidade de Rio Bonito que certa vez perdeu tudo ! Ficou ambicioso em ganhar mais na Bolsa de Valores e , de um dia para o outro, perdeu ! Com tempo recuperou-se, mas não alcançou a posição em que estava nem de longe. Outro exemplo: aquele Sr. X, brasileiro que figurou na lista top 100 dos mais ricos do mundo, e ….
    Tudo em excesso faz mal ! Até beber água demais pode matar alguém afogado. Empreenda de maneira sustentável. Abraço e desejo muito mais sucesso !
    Newton Almeida – DINHEIRO PAZ AMOR

  19. Daniel Paiva

    Olá Byong, tudo certo?

    Acompanho todos seus posts no mundo y, e como irei começar a estudar como implementar um bom SEO, tenho uma questão para você,

    Quando eu tenho uma keyword A e tento otimizar meu site para ela, e adiciono uma keyword B relacionada a ela e componho apenas 1 palavra (“keyword A + preposição + keyword B”), minha otimização será afetada de que forma? Perderei as visualizações apenas para a keyword A e apenas para a keyword B?

    Por exemplo: “tirinhas” tem 22100 visualizacoes mensais segundo o keyword planner, e “gamer” tem mais de de 60000, se eu utlizar “tirinhas para gamer”, como será o resultado final?

    E mais, se eu utilizar “tirinhas para gamers”, com um “s” adicional, que tem menos visualizações do que “gamer”, irei ser afetado negativamente”?

    obg.

    1. Byong Kang Post author

      Olá Daniel!

      No seu exemplo, você pode sim rankear para todas as keywords com apenas 1 artigo, inclusive esta é uma ótima estratégia que eu utilizo.

      Se o seu artigo for “Tirinhas para Gamers”, você ganha relevância para “tirinhas”, “gamer”, “gamers e qualquer outra combinação entre as palavras.

      Por isso, o ideal é escrever um artigo abrangendo o maior número de keywords relevantes, e não somente um.

      Abraço!

      Byong

      1. Daniel Paiva

        Obrigado pela resposta Byong, no caso, imagine que eu tenha mais de 3 posts semanais, e todos sobre “tirinhas para gamers”, eu deveria colocar esse texto “tirinhas para gamers – episódio 1…” em todos os posts? Ou por exemplo só na home do site?

        1. Byong Kang Post author

          Não faz sentido todos os posts terem a sua keyword porque pode ficar sujeito à uma penalização por excesso de otimização. Basta pensar: Existe um site que, em condições normais, teria todos os posts com a keyword? Acho muito difícil.

          O ideal é trabalhar a keyword principal em uma página/post ou a Home. Nesta página você estimula o visitante a conhecer todo o site.

          1. Daniel Paiva

            Olá Byong, obrigado novamente, realmente eu não sabia que poderia ser penalizado pelo google por isso. Eu pensava que por exemplo, imagine que eu tenha um Jornal ou algo do tipo, toda notícia veiculada no meu site que seja por exemplo de roubo, eu deveria colocar a keyword “notícia roubo”, se tivessem 20 notícias de roubo em 1 dia, para os 20 posts eu usaria essa keyword. Agora por conta da sua explicação, se eu bem entendi, para não ser penalizado, eu deveria por exemplo otimizar a categoria “notícia roubo”, talvez uma página da categoria “notícias roubo”, e para cada post, eu poderia otimizar keywords específicas daquela notícia, por exemplo “assalto são paulo mão-armada”, seria mais ou menos por ae?

  20. Filipe

    Otimo post Byong, realmente a cada dia eu vejo o quão complexo e trabalhar com SEO, confesso que ainda não entendo a essência ja estou com meu 2 site tentando rankear para alguma posição mais até agora nada, mais um dia chego la .

    Abraços

  21. Lidia

    Olá Byong! Já faz um tempo que sigo o seu blog e o admiro muito pelos conteúdos de altíssimos valor que nos ajudam muito a sanar as dúvidas que muitas outras fontes apenas abordam superficialmente. Percebi também que o seu blog é muito bonito tanto quando acessado de um PC, Tablet ou de um Smartphne, coisa que não acontece com alguns blogs… Qual o segredo para aparentar bonito e com caracteres legíveis em diferentes equipamentos? É plugin(qual?)? É template(qual?)? É o tamanho da fonte utilizado no blog(qual o tamanho?)? Desde já obrigada.

    1. Byong Kang Post author

      Olá Lidia!

      Isso acontece porque o meu tema do WordPress é responsivo ou mobile-friendly. Ele se ajusta de acordo com o aparelho que você utiliza para acessar o blog.

      Se você pesquisar por esta categoria de temas WordPress, irá encontrar várias opções.

      Abraço!

  22. Jhonathan Souza

    Olá Byong, primeiramente parabéns pelo seu sucesso e pelo blog (desculpa pela babação kkk, mas é que realmente admiro seu trabalho simplificado e sincero).

    Mas tenho uma dúvida que, pode parecer idiota, mas, quem trabalha com SEO e/ou internet marketing precisa obrigatoriamente ter um blog/site sobre “ganhar dinheiro” ou sobre SEO e assuntos relacionados (principalmente quem ta iniciando agora)?

    Por que comecei a entrar nesse “mundo” esse mês (graças ao seu blog kkk) mas acredito eu que não tenho o conhecimento o suficiente para criar um site desse nicho (não ainda, claro kk), e pelo o que muito vejo, muitas pessoas já começam com um site sobre isso logo de cara, algumas até para empurrar produtos desse nicho para o publico, mesmo sem ter um conhecimento elevado sobre tal. Posso começar nesse meio sem ter um site sobre isso? Não me sinto a vontade em “ensinar” as pessoas algo que eu nem conheço direito, entende?

    Desde já agradeço e desculpe pelo texto enorme, valeu 😀

    1. Byong Kang Post author

      Olá Jhonathan!

      Não é obrigatório e, inclusive, eu NÃO recomendo que comecem no ciclo vicioso de falar sobre ganhar dinheiro para poder ganhar dinheiro vendendo cursos.

      É muito melhor você atuar em um nicho diferente, obter resultados consistentes e, depois, se quiser compartilhar a experiência, pode fazê-lo em um blog.

      Pense no tipo de posicionamento que você quer ter: prefere fazer mais do mesmo ou algo que realmente chame a atenção da sua audiência?

      A escolha é sua!

      Abraço!

  23. Denis trindade

    Byong qual fórum de SEO você recomenda?

    1. Byong Kang Post author

      Olá Denis!

      Eu não participo ativamente de nenhum fórum de SEO e não conheço nada aqui no Brasil. De vez em quando, visito um fórum privado do Glen (Viperchill) por ser aluno dele, mas fico mais observando do que postando.

      Apenas os alunos dele tem acesso VIP a esse fórum.

      Abraço!

  24. Débora

    Byong
    Adorei seu blog!
    Comecei a ler seu blog ontem e estava a minutos de comprar um curso de alguns “gurus” por aí e desisti por que vi que vc é um cara que dá as informações de forma honesta!
    Por curiosidade gostaria de saber quantos blogs você tem hoje para ganhar os seus 5 dígitos?
    Com quantos blogs vc acha q devo ter para ganhar pelo menos 4 dígitos aplicando as técnicas de SEO?
    Obrigada

  25. Roberto

    Byong,

    Esta ferramenta no modo gratuito não está funcionando. Eles mudaram o esquema lá?
    abraços,

  26. Herbert Bento

    Byong, parabéns pela transparência de postar esses fatost. Poucos são os “gurus” que declaram suas estratégias que não foram tão bem sucedidas. Analisando as histórias contadas pelos gurus temos a falsa impressão que eles só acertam. Por isso, parabéns por sua iniciativa!
    Abs
    Herbert Bento

  27. Walison Henrique

    Realmente essas estatísticas iniciais estavam assustadoras.
    Pra quem tem um blog que está rankeando bem isso pode parecer loucura, ficar testando as coisas assim.
    Mas se não fizermos isso corremos o risco de ficarmos estagnados e precisamos ter a coragem de fazer isso que você fez.

    Parabéns pelo artigo e sucesso !

  28. Angela

    Olá tudo bem?

    Adorei o conteúdo publicado e gostaria de uma opinião. No ano de 2014 minha primeira filha nasceu ou desenvolveu catarata congênita, isto porque , ainda não sabemos o que ocorreu; visto que eu e meu marido somos jovens, ele 35 e eu 30 anos. E minha gestação, parto, tudo perfeito; enfim, o que gostaria de saber se é valido fazer um blog contando esta historia, visto que muitas pessoas não sabem que isto acomete bêbês também. Só que sou totalmente leiga no assunto, por mais que você mostrou o passo-a-passo, ainda não ficou claro para mim. O que você acha?

    Obrigada

  29. Freitas

    Olá Byong, muito legal essa postagem. Parabéns!
    Gostaria de saber de você se a melhor forma de colocar um link no site é ele abrindo na mesma aba ou em outra aba?
    Desde já agradeço sua atenção.

  30. Vinicios Ferreira

    Cara o seu conteúdo esta incrível mesmo, muito obrigado pelo seu artigo, ele me ajudou e muito,

  31. Marcos Vilela

    Ola Byong admiro muito o seu trabalho na questao de SEO, vc e o fabio pessoa são top, com artigos como os de vcs eu estou a cada dia colocando mais artigos meus na primeira página do Google ultimamente eu consegui rankear na segunda posição as seguintes keywords “como gerar mais tráfego para blog” ficando atrás do blog do henrique carvalho que tem um artigo semelhante e so com ele consegue ter 5000pageviws por mes com o tal artigo e confesso que depois dessa posição meu tráfego aumentou 60% a mais..com certeza SEO é a alma por trás do negócio online,teralmente vc consegue entregar de fato conteúdo nas mãos da sua audiência….mas byong so uma questao um blog como o henrique carvalho que ja te bastante interação e com milhares de pageviws todos os meses tem como passar ele, já que esta bastante engajado no Google?

  32. Rui

    Caro Byong,

    Procurei o assunto “como ganhar dinheiro na internet” em guia anônima e você está em quinto lugar.

    Na sua frente tem dois vídeos. O segundo do Maicon Rissi eu até entendo, ele tem um volume bom de vídeos sobre o assunto, mas o primeiro da Jully Cherry não dá para entender. Ela não tem muitos vídeos, tem poucos acessos em muitos, a maioria não são sobre o assunto… Como ela pode estar na sua frente e do Maicon Risso?

    O que em termos de SEO pode explicar isso?

    abç

    Rui

Comments are closed.