Você ganha menos do que imagina!

By | July 31, 2012

Quase todo mundo acha que o salário líquido que vem no holerite é o quanto se ganha no emprego, mas isso não é verdade, pois há diversos gastos que você tem para trabalhar e que devem ser considerados no cálculo.

Se quiser saber quanto você realmente ganha com o seu trabalho, deduza esses gastos:

1. Roupa e Acessórios

A maioria precisa usar roupa social para trabalhar e, como todos sabem, os preços são bem salgados.

No caso de homens, o mínimo necessário para trabalhar são 5 camisas, 1 terno, 3 gravatas, 2 calças, 1 par de sapatos e 1 cinto. O preço desse “kit trabalho” pode variar entre R$2.000 até R$10.000.

No caso de mulheres, eu diria que os gastos, no mínimo, triplicam porque além de mais opções de roupa, elas também precisam de acessórios como bolsas, bijuterias etc.

Resumindo: Você gasta, pelo menos, 1 ou 2 salários para se vestir adequadamente no trabalho.

2. Transporte

Em São Paulo, esse é um gasto muito relevante, além de ser um verdadeiro teste de paciência.

Em regiões mais nobres onde há diversas empresas de grande porte, o estacionamento chega a custar até R$500 por mês! O mais impressionante é que tem lista de espera. Além disso, você gasta com gasolina, tempo perdido e risco de acidente.

Na minha opinião, aqueles que usam apenas o metrô para ir ao trabalho estão numa situação melhor, pois os horários de saída e chegada são previsíveis, os gastos são menores e há menos risco de acidente (apesar de que nos horários de pico, os vagões parecem uma lata de sardinha).

3. Eventos de Integração

É importante participar dos eventos da empresa e, muitas vezes, mesmo não querendo ir, somos “recomendados” (= forçados) a marcar presença.

Um happy hour ou um almoço mais requintado com o chefe custa entre R$20 a R$50. Além disso, se for participar de vaquinhas para comprar presentes aos aniversariantes, gasta-se entre R$10 a R$30.

Se quiser economizar, dê preferência aos eventos gratuitos como os de finais de ano ou comemorações de metas batidas.

 

PS: Não incluí alimentação porque esse gasto seria inevitável, mas é importante lembrar que no ambiente de trabalho, geralmente você gasta mais porque é comum comer em restaurantes mais caros do que o habitual.

 

Foto: FreeDigitalPhotos.net

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *