Primeiro lugar no Google quebrando todas as “regras” de SEO

By | November 20, 2013

No artigo O maior mito sobre SEO, eu contrariei a grande maioria (fui a ovelha negra! =P) e desmenti uma das maiores ilusões difundidas no internet marketing: a necessidade de ter o tão falado ‘conteúdo de qualidade’ para rankear bem no Google.

Alguns podem pensar: “Você tá louco? O próprio Matt Cutts diz em seus vídeos que o Google está dando preferência ao conteúdo de qualidade para posicionar os sites. Você quer saber mais do que ele?”

Vamos pensar com mais frieza…

Você realmente acha que o Matt Cutts quer ensinar SEO aos webmasters? Você acredita que ele está dando pistas para nós desvendarmos o algoritmo e aprendermos a rankear um site no Google?

Vai usar o Adwords

 

É CLARO QUE NÃO! 

Para explicar o motivo, vou repetir uma frase que ouvi de um dos meus mentores em SEO:

Acreditar que o Matt Cutts irá lhe ensinar a rankear um site no Google é a mesma coisa que acreditar que um pai irá ensinar ao namorado da sua filha como levá-la para a cama”.

Desculpe se alguém se sentiu ofendido, mas esta analogia foi a melhor que escutei até hoje!

Lá no fundo, o que o Google realmente quer é que você abra uma conta no Adwords e gaste dinheiro com anúncios.

Sabe por que?

Porque esta é a fonte de receita do Google! É assim que eles ganham dinheiro!

 

Existe um conflito de interesses…

Os resultados orgânicos de uma busca são importantes porque nós temos a sensação de que estamos encontrando exatamente o que é mais relevante em meio a tantas informações disponíveis na internet.

Isto passa credibilidade aos usuários, o que é essencial para gerar audiência, mas não resulta em lucros porque os sites bem posicionados estão lá de “graça”.

O que paga as contas da empresa, no final, são os bilhões de dólares que são gastos em anúncios no Adwords.

Você percebeu que surge um certo conflito de interesses?

Por que um funcionário do Google iria lhe ensinar ou dar pistas de como o algoritmo realmente funciona se é justamente esta “caixa preta” que faz muitas pessoas recorrerem ao Adwords?

Não me entenda mal, não estou dizendo que o Matt Cutts mente quando ele fala sobre as atualizações do algoritmo (segundo algumas fontes, ele mente sim! hehe).

O meu ponto é que você não pode tomá-lo como referência para aprender sobre SEO porque não é do interesse da empresa revelar os mínimos detalhes do algoritmo.

 

A consequência disso é que existe muito blá, blá, blá!

Além do conteúdo de qualidade, muitos especialistas (inclusive, agências de SEO) falam que para posicionar o seu site no Google é preciso:

1- Gerar conteúdo novo regularmente porque isso mostra que o seu site tem bastante atividade e chama a atenção do Google;

2- Ter presença social e integrar com o Facebook, Twitter etc; porque estão favorecendo sites com interação nas redes sociais;

3- Ter muitos curtirs e comentários porque agora isso tem maior peso do que backlinks; etc.

Esta é apenas a ponta do iceberg de tudo o que dizem que é preciso fazer para rankear bem no Google.

OMG

Tudo parece extremamente complicado, não é mesmo?

Agora, veja abaixo os dados de um dos meus mini-sites:

 

SEO - Exemplo Real

(Se você não conhece alguns conceitos que destaquei, não se preocupe porque explicarei em outros artigos).

Vou dizer exatamente como é este mini-site:

1- Tem 5 páginas de conteúdo;

2- Nenhum artigo novo foi publicado desde a sua criação (há uns 7 meses);

3- Não integrei com Facebook, Twitter etc;

4- Não existe campo para comentários ou qualquer tipo de interação;

5- Não integrei com o Google Authorship;

E mais algumas dezenas de nãos para vários itens que dizem melhorar o posicionamento.

Apenas lembrando que estamos na era pós-Panda, Penguin, Hummingbird e sei lá quais animais irão surgir nas próximas atualizações do algoritmo.

Em resumo: o site está firme e forte na 1º posição do Google para diversas palavras-chaves.

Se não segui quase nenhuma das orientações que dizem por aí, como o meu site está em 1º lugar e recebe 60.000 visitas únicas por mês?

Existem 3 fatores essenciais para rankear um site com apenas 20% de esforço:

1- Keyword Research (pesquisa de palavra-chave)

2- On-Page SEO

3- Backlinks

Provavelmente, nenhum termo deve ser novidade para aqueles que já tem alguma experiência, mas o segredo está na maneira como cada etapa é executada.

Quando você testa o algoritmo combinando estes 3 fatores, o resultado final é que você tem uma ótima ideia sobre o que funciona e como funciona.

Obviamente que é impossível desvendar todos os mistérios do algoritmo do Google, mas não é preciso saber tudo, nos mínimos detalhes, para ter bons resultados.

No próximo artigo, vou explicar por que a maioria faz o keyword research da maneira errada utilizando o Keyword Planner e acaba perdendo nichos com um bom volume de buscas e baixa concorrência.

Quando você encontra estes nichos, o seu site pode rankear na 1º página do Google em questão de dias.

Eu mesmo já fiz isso diversas vezes e posso garantir que trata-se de um processo replicável.

Então, nos vemos em breve!

Caso tenha gostado deste artigo, clique em CURTIR e compartilhe!

 

 

Author: Byong Kang

Engenheiro químico fajuto, ex-bancário estressado e atual empreendedor digital vivendo o estilo de vida que sempre quis!

20 thoughts on “Primeiro lugar no Google quebrando todas as “regras” de SEO

  1. Vinicius Horta

    Opa!

    Show! Só fiquei com uma dúvida (não sei se vai querer responder), mas neste mini-site que usou como exemplo, para produzir este resultado foram mais ou menos quantos backlinks?

    Abraço!

    1. Byong Kang Post author

      Eu vi aqui e está com 441 backlinks, mas este número é meio nebuloso porque, dependendo do caso, apenas 1 link conta como vários. O que realmente fez a diferença foi a qualidade dos links! =D

      1. Vinicius Horta

        Show!

        Também concordo com isso, tenho um blog com algo perto da metade (mas de boa qualidade) dos backlinks de outro blog meu com links meio duvidosos rsrsr e realmente a diferença é gritante 🙂

        P.S. Cara, seus textos são muito bons, é um dos poucos blogs que acompanho!
        Abraço!

  2. Jotta Lima

    Parabens pelo artigo! Estou acompanhando este assunto e já me sinto ancioso para saber sobre os próximos posts.

  3. Afonso

    Olá parabéns pelo artigo.

    Essa frase foi a melhor: “Acreditar que o Matt Cutts irá lhe ensinar a rankear um site no Google é a mesma coisa que acreditar que um pai irá ensinar ao namorado da sua filha como levá-la para a cama”.
    rsrs

    Realmente esclareceu algumas dúvidas que tinha.

    Abraço.
    Afonso Lopes

  4. César Marqui

    Muito boa essa sua sacada!

    Eu trabalho com psicoterapia e coaching e minha intenção é atrair visitas de pessoas que querem contratar os meus serviços, e não pessoas que querem ler artigos sobre o assunto.
    Este papo de ter que ter um grande conteúdo de qualidade estava me deixando muito preocupado e até descrente quanto a possibilidade de conseguir visitas.
    Estou aguardando ansioso pelos próximos artigos.

    Um abraço!

  5. DOUGLAS SOUZA

    Olá Byong

    Ótimo Artigo como sempre. Nesse mês de Janeiro vou aplicar várias técnicas de SEO para que meu blog receba muitas visitas dos buscadores.

    Eu até recebo muitas visitas em meu blog, só que são de outros lugares. Preciso receber mais visitas do Google principalmente.

    A maioria das dicas quero seguir aqui no Mundo Y que é um site completo e com ótimas dicas.

    Um Abraço

  6. Guilherme

    eu acho que sei que site é esse de 5 paginas em kkk

  7. Rodolfo

    Parabéns pelo site Byong! Impressionante como você consegue passar informações importantíssimas de uma maneira tão simples…

    Se possível, gostaria de saber o que você mais trabalha nesses mini sites: adsense ou venda de produtos como afiliado (hotmart)?

    Obrigado!

    1. Byong Kang Post author

      Olá Rodolfo!

      Depende muito do nicho, mas eu dou preferência à vendas de produtos.

      Abraço!

  8. Marcos

    Tem como saber se determinado site gera um bom backlink? O plugin PageRank Status dá essa informação? O Yahoo Respostas dá backlink bom ou ruim?

    1. Byong Kang Post author

      O Yahoo Repostas é um boa fonte de backlink, mas tem que tomar cuidado antes de postar o seu site porque eles são muito rigorosos com relação a spam.

  9. Daniel Grecco

    Byong, parabéns pelo excelente artigo!

    Eu só vi este artigo hoje e realmente tudo que você escreveu faz sentido, principalmente esta parte:

    “No próximo artigo, vou explicar por que a maioria faz o keyword research da maneira errada utilizando o Keyword Planner e acaba perdendo nichos com um bom volume de buscas e baixa concorrência.”

    Realmente se fala muito em nicho e o que mais vejo em cursos por aí é pessoal falando do número das buscas das keywords e só isso, mas sei que só isso não basta, a grande sacada está justamente aqui e poucos sabem como fazer esta busca da maneira correta…

    Eu sei que você utiliza algumas ferramentas para isso e gostaria de te perguntar uma coisa:

    As ferramentas que você utiliza são apenas para ganhar mais tempo no processo de seleção de boas keywords ou tem alguma função a mais que ajuda bastante?

    Além do Serpfox você utiliza alguma outra ?

    Conheci estes dias este site http://keywordadvantage.com/

    Você conhece esta ferramenta, se sim, sabe informar se é boa ? Eu vi ela em uso num vídeo e ela mostra a dificuldade para rankear as palavras chaves no vídeo que eu vi mostrava ser fácil rankear com uma palavra chave que ao meu ver não me parece tão simples de rankear não, por isso fiquei em dúvida…

    Abraços e sucesso,

    Daniel Grecco

  10. Yara

    Oi, Byong!
    E como fazer um backlink eficiente?
    Você respondeu acima que seu site estava com 441 backlinks, mas como criá-los de maneira inteligente?
    Obrigada,
    Yara

  11. Sergio Nakamura

    Byong Kang, você citou uma dezena de nãos, pergunto o sitemap é sim ou não?

Comments are closed.